Wehrlein critica “manobra boba” de Button em Mônaco

Wehrlein diz ter ficado assustado com o acidente e revela que passará por exames para garantir que sua lesão nas costas não se agravou

Wehrlein critica “manobra boba” de Button em Mônaco

Pascal Wehrlein criticou Jenson Button por aquilo que chamou de “manobra boba” que provocou seu acidente no GP de Mônaco.

A dupla colidiu na curva anterior à entrada do túnel, quando Button mergulhou por dentro e tocou a roda traseira direita de Wehrlein, o que o jogou em direção à barreira de proteção.

O carro de Wehrlein ficou de rodas para o ar, com o cockpit voltado às barreiras. Assim, o safety car precisou ser acionado.

O piloto da Sauber não teve dúvidas de que o rival da McLaren foi o culpado pela batida.

“Ele não estava em lugar algum, e claramente aquela curva não é lugar para ultrapassar. Foi uma manobra boba”, disse Wehrlein.

O capacete de Wehrlein chegou a tocar a barreira de proteção, e o alemão disse que precisará fazer exames na próxima semana para garantir que tudo está bem. No início do ano, o piloto sofreu uma lesão nas costas que o fez perder as duas primeiras provas da temporada.

“Eu toquei novamente a cabeça na barreira, então terei que fazer outra tomografia na próxima semana para as minhas costas. Então, vamos ver. Eu consegui sair do carro sozinho, tudo parece bem. Obviamente, com a lesão que tive, não tenho tanta certeza.”

Ele acrescentou: “Eu lembro de tudo, foi assustador. Os freios começaram a soltar fumaça e eu não conseguia sair. A única coisa que eu queria era sair do carro quando comecei a ver fumaça.”

 

compartilhar
comentários
Raikkonen resume frustração: “nada a dizer, na verdade”
Artigo anterior

Raikkonen resume frustração: “nada a dizer, na verdade”

Próximo artigo

Kvyat ataca Perez após batida: F**** o meu dia

Kvyat ataca Perez após batida: F**** o meu dia
Carregar comentários