Williams e Haas adicionam asas em T aos carros

Para direcionar melhor fluxo de ar para a asa traseira de seus novos modelos, times testam nova parte aerodinâmica

Williams e Haas adicionam asas em T aos carros
Felipe Massa, Williams FW40
Felipe Massa, Williams FW40
Felipe Massa, Williams FW40
Haas F1 Team VF-17 engine cover detail
Carregar reprodutor de áudio

A Williams e a Haas se tornaram as últimas equipes a adicionarem asas em T a seus carros. No primeiro dia de testes coletivos, nesta segunda-feira (27), os times imitaram a tendência criada pela Mercedes e pela Ferrari em seus shakedowns.

Uma maior abertura nos novos regulamentos aerodinâmicos para 2017 significou uma maior procura por ganhos extras, como o uso da barbatana de tubarão e da asa em T no topo da tampa do motor.

Enquanto a Mercedes optou por andar com a asa em T autônoma, outras equipes, como a Ferrari, Williams e Haas, estão andando com a asa no topo de sua barbatana de tubarão.

Ao invés de adicionar downforce, as T-wings são usadas com o objetivo de ajudar a melhorar o fluxo de ar para a asa traseira, com a barbatana de tubarão ajudando a aerodinâmica quando o carro está virando.

Enquanto apenas quatro equipes já usaram a T-wing até agora, outros times deverão seguir a tendência. Toro Rosso e McLaren já afirmaram que farão o mesmo.

compartilhar
comentários
Red Bull: Verstappen está pronto para disputar o título
Artigo anterior

Red Bull: Verstappen está pronto para disputar o título

Próximo artigo

Vettel lidera manhã de teste; McLaren e RBR quebram

Vettel lidera manhã de teste; McLaren e RBR quebram