Fórmula 1
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
20 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
34 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
62 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
69 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
83 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
97 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
104 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
118 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
125 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
139 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
153 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
181 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
188 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
202 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
209 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
223 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
237 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
244 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
258 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
272 dias

Wolff diz que F1 “precisa” de teto de gastos

compartilhar
comentários
Wolff diz que F1 “precisa” de teto de gastos
6 de nov de 2018 10:47

O chefe da Mercedes, Toto Wolff, afirmou que a F1 precisa implementar um teto de gastos nos próximos anos, contanto que isso seja feito de forma cautelosa o suficiente para se manter sustentável.

A categoria planeja uma série de mudanças técnicas e comerciais para o futuro próximo, e um limite de gastos por equipe estabelecido por regulamento está entre as pautas discutidas.

Por mais que os detalhes do plano não sejam conhecidos publicamente, este se trata de um dos principais pilares propostos pelo grupo Liberty Media, proprietário da F1.

Wolff considera que se trata de algo essencial. “O teto de gastos precisa vir”, disse o dirigente, em entrevista à revista MotorSport Magazine.

“No momento, Red Bull, Ferrari e Mercedes estão gastando mais dinheiro que o outro, e precisamos conter isso com um teto de gastos monitorado de forma razoável e que nos permita reorganizar nossa estrutura, mas não reestruturar tudo.”

“Precisamos ter um caminho sensato, que nos permita, nos próximos cinco anos, chegar a um ponto mais baixo.”

De acordo com Wolff, caso a ideia saia do papel, isso poderá mudar o modelo de negócio das equipes intermediárias – com o caso da Haas, que possui colaboração técnica estreita com a Ferrari – podendo se tornar uma eventual tendência.

“O modelo da Haas foi o que criou toda a oportunidade para as equipes pequenas, porque algumas equipes que estão por aí há muito tempo perceberam que uma equipe que começou do zero somente há três anos já está as superando.”

“A colaboração deve acontecer somente se beneficiar a todos. Do meu ponto de vista, as coisas estão indo nessa direção.”

Próximo artigo
Hamilton: não sei se eu me recuperaria de derrota em 2008

Artigo anterior

Hamilton: não sei se eu me recuperaria de derrota em 2008

Próximo artigo

McLaren terá carro ao “estilo Red Bull” em 2019, diz jornal

McLaren terá carro ao “estilo Red Bull” em 2019, diz jornal
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1