Campeão da F3 australiana perde luta de 4 anos com câncer

Aos 18 anos, Luke Spalding foi campeão de F3 em 2015 enquanto tratava doença que tinha desde os 14

Campeão da F3 australiana perde luta de 4 anos com câncer
Luke Spalding
Luke Spalding
Luke Spalding

O automobilismo australiano está de luto. O piloto Luke Spalding, de 18 anos de idade, morreu neste sábado (17) devido a um câncer. O piloto descobriu a doença no ano de 2012, apenas com 14 anos de idade, e desde então tratava seu tumor.

O câncer não parou Spalding. Ele passou a viver seu sonho nos anos seguintes. Mesmo doente, ele pulou dos karts para a Fórmula Vee, antes de ir para o campeonato australiano de Fórmula 3 no ano passado.

2015 foi o grande ano de sua carreira. Ele ganhou o campeonato na classe nacional com 13 vitórias. Neste ano, ele participou das primeiras quatro provas da V8 Utes antes de se afastar para cuidar de sua doença.

"Nas primeiras horas desta manhã, o nosso menino forte, bonito, corajoso e generoso faleceu pacificamente em seu sono com a família ao seu lado", disse um post na página de Spalding no Facebook.

"Estamos muito mais que quebrados, mas vamos nos segurar juntos. Nós não poderíamos estar mais orgulhosos do quanto ele lutou, de como ele superou seus desafios e do que ele alcançou.”

"Ele não viveu com o câncer. Foi o câncer que viveu com ele. Ele teve certeza disso e aproveitou sua vida."

A Fórmula 3 australiana vende adesivos com #WeFlyWith23 (nós voamos com o 23) para ajudar o piloto e sua família.

compartilhar
comentários
Coluna de estreia de Pedro Piquet: "O principal estava lá"

Artigo anterior

Coluna de estreia de Pedro Piquet: "O principal estava lá"

Próximo artigo

GP de Macau tem Piquet e ausência de campeão da F3 europeia

GP de Macau tem Piquet e ausência de campeão da F3 europeia
Carregar comentários