Fórmula E
22 nov
-
22 nov
Próximo evento em
02 Horas
:
14 Minutos
:
52 Segundos
R
ePrix de Santiago
17 jan
-
18 jan
Próximo evento em
56 dias
R
ePrix da Cidade do México
14 fev
-
15 fev
Próximo evento em
84 dias
R
ePrix de Marraquexe
27 fev
-
29 fev
Próximo evento em
97 dias
R
ePrix de Sanya
20 mar
-
21 mar
Próximo evento em
119 dias
R
ePrix de Roma
03 abr
-
04 abr
Próximo evento em
133 dias
R
ePrix de Paris
17 abr
-
18 abr
Próximo evento em
147 dias
R
ePrix de Seul
02 mai
-
03 mai
Próximo evento em
162 dias
R
ePrix de Jacarta
05 jun
-
06 jun
Próximo evento em
196 dias
R
ePrix de Berlim
20 jun
-
21 jun
Próximo evento em
211 dias
R
ePrix de Nova York
10 jul
-
11 jul
Próximo evento em
231 dias
R
ePrix de Londres
25 jul
-
26 jul
Próximo evento em
246 dias

Após batida, Senna celebra "ponto mais sofrido da carreira"

compartilhar
comentários
Após batida, Senna celebra "ponto mais sofrido da carreira"
Por:
7 de fev de 2016 02:13

Piloto da Mahindra, que bateu carro na classificação, foi para a pista em cima da hora após reparos e terminou ePrix de Buenos Aires na zona de pontuação

Bruno Senna, Mahindra Racing
Bruno Senna, Mahindra Racing Formula E Team
Bruno Senna, Mahindra Racing Formula E Team
Bruno Senna, Mahindra Racing Formula E Team
Bruno Senna, Mahindra Racing Formula E Team

Décimo colocado no ePrix de Buenos Aires, realizado neste sábado (6), Bruno Senna teve um dia de fortes emoções. Durante o treino de classificação para a formação do grid de largada, o piloto da Mahindra bateu na entrada da reta dos boxes e danificou significativamente o carro.

Com isso, o time teve que correr contra o tempo para reparar os danos, como contou o próprio piloto. "Foi uma batida forte e a equipe precisou se esforçar muito para colocar o carro em condições, porque o choque afetou a bateria e o motor, que precisaram ser substituídos", disse.

Com a batida, Senna largou apenas na 16ª posição e teve que fazer uma corrida de recuperação para chegar na zona de pontuação.  Após a intervenção do safety car, Senna chegou a andar em oitavo, mas foi obrigado a reduzir o ritmo para não ficar pelo caminho.

"Foi uma loucura, mas felizmente deu tempo. Mesmo assim, entrei na pista em cima da hora. Os mecânicos haviam acabado de apertar os últimos parafusos. Foi o pontinho mais sofrido da minha carreira", completou.

Próximo artigo
12º, Nelsinho lamenta safety car: "teria pontuado"

Artigo anterior

12º, Nelsinho lamenta safety car: "teria pontuado"

Próximo artigo

Jaguar discute nomes para equipe na F-E; Piquet é cotado

Jaguar discute nomes para equipe na F-E; Piquet é cotado
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula E
Evento ePrix de Buenos Aires
Localização Autodromo Juan y Oscar Galvez
Pilotos Bruno Senna
Autor Gabriel Carvalho