Di Grassi admite que não tinha o melhor carro em NY

compartilhar
comentários
Di Grassi admite que não tinha o melhor carro em NY
16 de jul de 2017 22:30

Brasileiro tirou 22 pontos de Sebastien Buemi, após piloto suíço se ausentar de ePrix de Nova York

Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport
Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport
Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport
Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport
Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport
Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport

Lucas di Grassi chegou a Nova York com a possibilidade de assumir a liderança da Fórmula E, se aproveitando da ausência de Sebastien Buemi, que teve que cumprir o compromisso no WEC, em Nurburgring.

Com a quarta colocação no sábado e quinta neste domingo, o brasileiro somou 22 pontos, indo para Montreal, última etapa do campeonato, com 10 a menos que o piloto da Renault.

Ao término da prova deste domingo, di Grassi admitiu que fez tudo o que podia.

“Então, os 22 pontos conquistados aqui em Nova York foram o máximo que pudemos fazer", disse di Grassi. "Fizemos o possível com um carro que não estava rápido."

"De qualquer forma, partimos para Montreal dez pontos atrás do Buemi. O campeonato continua completamente aberto, com 58 pontos em jogo na final. Vai ser muito difícil, mas vamos para o tudo ou nada, dando 100% do nosso potencial”, conclui o piloto da Audi.

Bird vence e "varre" etapa de Nova York; Di Grassi é 5º

Artigo anterior

Bird vence e "varre" etapa de Nova York; Di Grassi é 5º

Próximo artigo

Buemi ataca di Grassi: Não respeito o que ele fez

Buemi ataca di Grassi: Não respeito o que ele fez
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula E
Evento ePrix de Nova Iorque
Localização Brooklyn Street Circuit
Pilotos Lucas di Grassi