Fórmula E
22 nov
-
22 nov
Evento encerrado
17 jan
-
18 jan
Evento encerrado
R
ePrix da Cidade do México
14 fev
-
15 fev
Próximo evento em
25 dias
R
ePrix de Marraquexe
27 fev
-
29 fev
Próximo evento em
38 dias
R
ePrix de Sanya
20 mar
-
21 mar
Próximo evento em
60 dias
R
ePrix de Roma
03 abr
-
04 abr
Próximo evento em
74 dias
R
ePrix de Paris
17 abr
-
18 abr
Próximo evento em
88 dias
R
ePrix de Seul
02 mai
-
03 mai
Próximo evento em
103 dias
R
ePrix de Jacarta
05 jun
-
06 jun
Próximo evento em
137 dias
R
ePrix de Berlim
20 jun
-
21 jun
Próximo evento em
152 dias
R
ePrix de Nova York
10 jul
-
11 jul
Próximo evento em
172 dias
R
ePrix de Londres
25 jul
-
25 jul
Próximo evento em
187 dias

Di Grassi vê “5 ou 6 times” brigando para vencer na F-E

compartilhar
comentários
Di Grassi vê “5 ou 6 times” brigando para vencer na F-E
Por:
7 de nov de 2018 13:48

Piloto da Audi diz que final de temporada bom não deve ser bom presságio para temporada 5 do campeonato de carros elétricos

Presente no Salão do Automóvel de São Paulo nesta última terça-feira (6), Lucas di Grassi falou sobre a nova temporada da Fórmula E, que inicia no próximo mês na Arábia Saudita.

Segundo ele, todos os times se mostraram no mesmo nível durante os testes de pré-temporada, o que faz com que várias equipes possam surpreender na primeira etapa podendo competir pelas vitórias. Segundo o brasileiro, o equilíbrio marcará s disputa deste ano.

“É difícil saber o que pode acontecer neste ano”, disse ao Motorsport.com.

“O que mais vai ser complicado vai ser o formato diferente da corrida. O carro é relativamente o mesmo, apesar de ser mais rápido. O complicado é entender como o carro irá funcionar a corrida inteira, o desgaste de pneus, de bateria. Tudo isso acho que será um pouco incógnita para todo mundo nessa primeira fase.”

“Como vamos utilizar aquela potência extra também. Isso eu acredito que vai ser mais complicado.”

“Acho que todos evoluíram. Devemos ter uma cinco ou seis equipes brigando por vitórias em todas as provas.”

Mesmo vendo a BMW dominando os testes, ele acredita que o time não esteja tão na frente quanto o cronômetro diz no momento. No entanto, o campeão da temporada 2016-2017 pontua que a montadora alemã deva ser levada à sério em sua primeira temporada.

“A BMW é uma empresa muito competente, uma equipe muito competente”, seguiu.

“Acho que eles não iriam fazer algo ruim entrando com força na Fórmula E. Eles fizeram um belo trabalho, o carro parece que está muito bom, mas só teremos certeza em Riade.”

“Nós fizemos muitos testes. Eu acho que vai depender muito de cada equipe, mas acho o carro em geral robusto em termos de confiabilidade.”

Próximo artigo
Imposto “agressivo” esfria planos da F-E de ePrix na Índia

Artigo anterior

Imposto “agressivo” esfria planos da F-E de ePrix na Índia

Próximo artigo

Gunther completa grid para temporada 2018-2019 da F-E

Gunther completa grid para temporada 2018-2019 da F-E
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula E
Autor Gabriel Lima