Parceiro de Massa celebra 4º lugar no Chile: “Foi como uma vitória”

compartilhar
comentários
Parceiro de Massa celebra 4º lugar no Chile: “Foi como uma vitória”
Por:
29 de jan de 2019 11:30

Edoardo Mortara classifica seu quarto lugar no ePrix de Santiago “como uma vitória” para a Venturi depois de um início complicado na temporada de 2018/2019 da Fórmula E.

Mortara assumiu o quarto lugar após Alexander Sims, da BMW, receber uma punição.

O piloto da Venturi precisou sustentar a forte pressão de Robin Frijns, da Virgin, e de Mitch Evans, da Jaguar, para obter os primeiros pontos da equipe na temporada.

“Foi como uma vitória para nós, para ser honesto”, disse Mortara ao Motorsport.com. “Tivemos fins de semana muito difíceis em Riade e Marraquexe.”

“Conseguimos extrair praticamente todo o potencial do carro, provavelmente até mais.”

“Não foi fácil e tivemos de superar vários problemas, mas pelo menos marcamos pontos. Este quarto lugar é um impulso, uma motivação para todos na Venturi. Definitivamente não foi fácil [devido ao calor].”

“Tivemos de administrar as coisas, e, no momento, com as ferramentas que temos no carro para os engenheiros, não podemos prever o que aconteceria com a temperatura da bateria, a energia e coisas do tipo.”

“Definitivamente foi mais difícil para nós do que para os outros, mas estou feliz que tenhamos superado estes problemas. Foi uma das corridas mais longas que já tive.”

Próximo artigo
Após perder pódio por punição, Sims insiste que não bateu em Mortara

Artigo anterior

Após perder pódio por punição, Sims insiste que não bateu em Mortara

Próximo artigo

Piquet critica excesso de segurança no automobilismo: “burocracia grande e chata”

Piquet critica excesso de segurança no automobilismo: “burocracia grande e chata”
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula E
Evento ePrix de Santiago
Pilotos Edoardo Mortara
Equipes Venturi
Autor Alex Kalinauckas