Fórmula E
22 nov
-
22 nov
Evento encerrado
R
ePrix de Santiago
17 jan
-
18 jan
Próximo evento em
32 dias
R
ePrix da Cidade do México
14 fev
-
15 fev
Próximo evento em
60 dias
R
ePrix de Marraquexe
27 fev
-
29 fev
Próximo evento em
73 dias
R
ePrix de Sanya
20 mar
-
21 mar
Próximo evento em
95 dias
R
ePrix de Roma
03 abr
-
04 abr
Próximo evento em
109 dias
R
ePrix de Paris
17 abr
-
18 abr
Próximo evento em
123 dias
R
ePrix de Seul
02 mai
-
03 mai
Próximo evento em
138 dias
R
ePrix de Jacarta
05 jun
-
06 jun
Próximo evento em
172 dias
R
ePrix de Berlim
20 jun
-
21 jun
Próximo evento em
187 dias
R
ePrix de Nova York
10 jul
-
11 jul
Próximo evento em
207 dias
R
ePrix de Londres
25 jul
-
25 jul
Próximo evento em
222 dias

Vergne vence etapa tumultuada da Fórmula E na China; Massa é 10º

compartilhar
comentários
Vergne vence etapa tumultuada da Fórmula E na China; Massa é 10º
23 de mar de 2019 08:15

Atual campeão da categoria supera Oliver Rowland com grande ultrapassagem e conquista primeiro triunfo da atual temporada. Di Grassi foi tocado na penúltima volta e teve que abandonar

Como de costume, a Fórmula E proporcionou uma corrida agitada, desta vez em Sanya, na China, valendo pela sexta etapa da temporada 2018/2019. A prova foi vencida pelo atual campeão, Jean-Eric Vergne, o sexto vencedor diferente do campeonato.

O francês conseguiu superar o líder da prova e pole position, Oliver Rowland, no início da segunda metade da corrida e mesmo com a interrupção provocada pelo acidente de Alexander Sims, conseguiu se garantir à frente até o final.

Leia também:

A prova foi marcada pelo alto número de abandonos, com apenas 13 carros - dos 22 que largaram - conseguindo receber a bandeira quadriculada. 

O melhor brasileiro foi Felipe Massa, que fez prova discreta. Lucas di Grassi, que estava na sexta posição acabou sendo tocado por Robin Frijns, que havia também sido tocado por Sebastien Buemi, na penúltima volta. 

Nelsinho Piquet abandonou após se chocar no muro e Felipe Nasr teve problemas desde a largada, não conseguindo sair para a corrida.

A próxima etapa da Fórmula E acontece em Roma, no dia 13 de abril.

 

A Corrida

A largada do ePrix de Sanya foi limpa, sem toques que levaram a acidentes, com Rowland mantendo a liderança. Ainda na primeira volta, a bandeira amarela foi acionada pelo fato do carro de Nasr ter ficado parado ainda no grid. Pouco tempo depois, a prova foi reiniciada, mas o brasileiro abandonou minutos depois. Sam Bird, que liderava o campeonato também se retirava, após toque com Vandoorne.

Quem começou bem foi Lucas di Grassi, que largou em 10º e na segunda volta já estava em sétimo. Massa também ganhou posições, em 12º e Nelsinho Piquet era o 17º nos primeiros giros.

Os cinco primeiros, Rowland, Vergne, Felix da Costa, Abt e Sims mantinham um bloco nas primeiras voltas. Lotterer e di Grassi vinham mais afastados, mas evoluindo sobre o pelotão dianteiro.

A segunda bandeira amarela veio faltando meia hora para o fim, com ‘Pechito’ Lopez parando na pista, mas seu carro foi retirado rapidamente do traçado.

Restando 28 minutos foram anunciados os vencedores do FanBoost, com Di Grassi, Buemi, Abt, Felix da Costa e Vandoorne sendo contemplados com energia extra. Mas ao mesmo tempo, o brasileiro perdia o sétimo posto, após Frijns utilizar o modo ataque. Além disso, ele tentou utilizar o traçado que daria mais potência por duas vezes, mas sem sucesso, perdendo tempo com isso.

No começo da segunda metade da prova, Vergne assumia a liderança em cima de Rowland, com grande ultrapassagem antes da linha de chegada. Logo depois, Alexander Sims se chocou no muro e ficou parado na pista, trazendo a bandeira amarela e o safety car.

Antes, Piquet também havia encontrado o muro e também teve que sair da corrida.

Ainda com o carro de segurança na pista, os seis primeiros, exceto o líder, buscaram o modo ataque, apostando no breve reinício da corrida. Mas se deram mal, já que a prova acabou sendo paralisada com o acionamento da bandeira vermelha.

Pouco mais de 10 minutos depois, os carros voltaram à pista, com a maioria tentando pegar o modo ataque, e a relargada foi dada restando 10 minutos para o fim.

No reinício, Vergne conseguiu sair na frente e di Grassi tentava a sexta posição em cima de Frijns, que não tinha modo ataque, conseguindo no final do período com a potência extra.

Nos minutos finais, a direção de prova anunciou que estava investigando os procedimentos de relargada de Vergne, podendo o francês ser punido nas últimas voltas.

Com o cronômetro zerado, di Grassi  foi tocado por Frijns, que havia se chocado com Buemi antes, com o brasileiro não conseguindo completar.

 

Alheio a isso, Vergne terminou a corrida em primeiro, ainda fazendo a volta mais rápida, com Rowland em segundo e Felix da Costa em terceiro. O melhor brasileiro foi Felipe Massa, em 11º.

Resultado final 

*Piloto punido após a prova

Cla   # Piloto Equipe Voltas Tempo Diferença Intervalo km/h Abandono Pontos
1   25 France Jean-Eric Vergne  China Techeetah 36 1:02'50.185          
2   22 United Kingdom Oliver Rowland  France DAMS 36 1:02'51.947 1.762 1.762      
3   28 Portugal Antonio Felix da Costa  United States Andretti Autosport 36 1:02'53.453 3.268 1.506      
4   36 Germany Andre Lotterer  China Techeetah 36 1:02'54.816 4.631 1.363      
5   66 Germany Daniel Abt  Germany Audi Sport Team Abt 36 1:02'56.157 5.972 1.341      
6 (8*)   23 Switzerland Sébastien Buemi  France DAMS 36 1:02'59.590 9.405 3.433      
7 (6)   64 Belgium Jérôme d'Ambrosio  India Mahindra Racing 36 1:03'07.525 17.340 7.935      
8 (7)   94 Germany Pascal Wehrlein  India Mahindra Racing 36 1:03'08.552 18.367 1.027      
9   20 New Zealand Mitch Evans  United Kingdom Jaguar Racing 36 1:03'10.831 20.646 2.279      
10 (13*)   48 Switzerland Edoardo Mortara  Monaco Venturi 36 1:03'12.393 22.208 1.562      
11 (10)   19 Brazil Felipe Massa  Monaco Venturi 36 1:03'17.924 27.739 5.531      
12 (11)   16 United Kingdom Oliver Turvey  China NIO Formula E Team 36 1:03'21.638 31.453 3.714      
13 (12)   8 France Tom Dillmann  China NIO Formula E Team 36 1:03'22.839 32.654 1.201      
  dnf 4 Netherlands Robin Frijns  United Kingdom Virgin Racing 35 1:02'30.943 1 Lap 1 Lap   Retirement  
  dnf 11 Brazil Lucas di Grassi  Germany Audi Sport Team Abt 34 59'41.841 2 Laps 1 Lap   Retirement  
  dnf 3 Brazil Nelson Piquet Jr.  United Kingdom Jaguar Racing 21 26'28.411 15 Laps 13 Laps   Retirement  
  dnf 27 United Kingdom Alexander Sims  United States Andretti Autosport 20 25'02.371 16 Laps 1 Lap   Retirement  
  dnf 17 United Kingdom Gary Paffett  Germany HWA AG 13 17'06.374 23 Laps 7 Laps   Retirement  
  dnf 7 Argentina Jose Maria Lopez  United States Dragon Racing 10 13'13.422 26 Laps 3 Laps   Retirement  
  dnf 5 Belgium Stoffel Vandoorne  Germany HWA AG 1 3'02.356 35 Laps 9 Laps   Retirement  
  dnf 2 United Kingdom Sam Bird  United Kingdom Virgin Racing   27.337 36 Laps 1 Lap   Retirement  
  dnf 6 Brazil Felipe Nasr  United States Dragon Racing   1'55.169 36 Laps 1'27.832   Retirement

Próximo artigo
Rowland vê Buemi errar e conquista pole na China; Di Grassi larga em 10º

Artigo anterior

Rowland vê Buemi errar e conquista pole na China; Di Grassi larga em 10º

Próximo artigo

Felix da Costa volta a liderar F-E; confira classificação atualizada

Felix da Costa volta a liderar F-E; confira classificação atualizada
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula E