Fórmula E
22 nov
-
22 nov
Evento encerrado
R
ePrix de Santiago
17 jan
-
18 jan
Próximo evento em
54 dias
R
ePrix da Cidade do México
14 fev
-
15 fev
Próximo evento em
82 dias
R
ePrix de Marraquexe
27 fev
-
29 fev
Próximo evento em
95 dias
R
ePrix de Sanya
20 mar
-
21 mar
Próximo evento em
117 dias
R
ePrix de Roma
03 abr
-
04 abr
Próximo evento em
131 dias
R
ePrix de Paris
17 abr
-
18 abr
Próximo evento em
145 dias
R
ePrix de Seul
02 mai
-
03 mai
Próximo evento em
160 dias
R
ePrix de Jacarta
05 jun
-
06 jun
Próximo evento em
194 dias
R
ePrix de Berlim
20 jun
-
21 jun
Próximo evento em
209 dias
R
ePrix de Nova York
10 jul
-
11 jul
Próximo evento em
229 dias
R
ePrix de Londres
25 jul
-
25 jul
Próximo evento em
244 dias

Vettel: Carro elétrico possui a tecnologia equivocada

compartilhar
comentários
Vettel: Carro elétrico possui a tecnologia equivocada
13 de dez de 2018 17:12

Alemão desmistifica importância do carro elétrico na sociedade, ressaltando as complicações que podem haver, como descarte de baterias

No próximo fim de semana será dado o pontapé inicial da quinta temporada da história do mundial de Fórmula E, na Arábia Saudita. O Brasil estará representado por três pilotos com passagens pela Fórmula 1, Nelsinho Piquet, Lucas di Grassi e Felipe Massa.

Assim como acontece desde o nascimento da categoria, as discussões entre fãs do automobilismo e de carros sempre vão para o lado da importância do carro elétrico nas ruas e no esporte. Outro piloto da F1, o tetracampeão Sebastian Vettel, ponderou os benefícios dos autos com a tecnologia da F-E em entrevista concedida à revista alemã Auto Motor und Sport.

“Em algum momento, esses carros que amamos, com que aprendemos a guiar, não serão mais fabricados. Temos que aceitar isso. Mas, sigo pensando que poderemos competir nos carros antigos. Sem isso, seria um crime.”

“Não acredito que os carros elétricos resolvam todos os problemas do mundo. Na minha opinião, é a tecnologia equivocada: é muito cara e não tão limpa como alguns querem que a gente veja.”

“Pensem no problema do descarte de baterias. Porque eles não incomodam em sua casa, as pessoas ficam felizes. Mas eles vão incomodar em outro lugar."

E voltou a defender competições que utilizam motor a combustão: "Você tem que separar. O que fazemos é entretenimento e esse é um terreno que pertence às emoções. Se você oferecer apenas um show de laser e um show de rock, algo estaria faltando. Então a questão é: que espetáculo cada um quer ver?”, indagou.

Próximo artigo
Massa: Carros da Fórmula E são muito mais próximos que os da F1

Artigo anterior

Massa: Carros da Fórmula E são muito mais próximos que os da F1

Próximo artigo

VÍDEO: Conheça o circuito de Al-Diriyah, local de abertura da temporada da F-E

VÍDEO: Conheça o circuito de Al-Diriyah, local de abertura da temporada da F-E
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1 , Fórmula E