Wehrlein descarta ida à Fórmula E: “Gosto de barulho”

Com futuro em dúvida na F1, alemão garante que fez o suficiente para merecer uma vaga na categoria no ano que vem

Wehrlein descarta ida à Fórmula E: “Gosto de barulho”
Start: Felix Rosenqvist, Mahindra Racing leads
Stéphane Sarrazin, Techeetah
Pascal Wehrlein, Sauber C36-Ferrari
Pascal Wehrlein, Sauber
Pascal Wehrlein, Sauber C36
Pascal Wehrlein, Sauber
Carregar reprodutor de áudio

Vivendo situação indefinida sobre seu futuro na F1, Pascal Wehrlein descartou uma transferência à Fórmula E caso se veja sem vaga na principal categoria do automobilismo no ano que vem.

O alemão não tem posição garantida para 2018, sendo que sua atual equipe, a Sauber, tem a possibilidade de abrigar ao menos um piloto de sua parceira técnica, a Ferrari, para o ano que vem. Caso se veja obrigado a deixar a F1, Wehrlein não considera que a categoria de carros elétricos possa ser uma alternativa.

“Eu gosto de barulho, performance e combustível. Não consigo nem me imaginar correndo na Fórmula E”, disse o piloto, em entrevista ao jornal alemão Bild.

Além disso, Wehrlein acredita que tem feito o suficiente para ficar na F1. “Marquei todos os cinco pontos [da Sauber] e, em treinos classificatórios, está 8 a 2 para mim contra [Marcus] Ericsson. O que mais posso fazer?”, questionou.

Aos 22 anos, Wehrlein é piloto protegido da Mercedes, marca pela qual conquistou o título do DTM em 2015. A fabricante alemã anunciou que entrará com equipe própria na Fórmula E a partir da temporada de 2019/2020. 

compartilhar
comentários
Fórmula E não é uma ameaça à F1, diz chefe da Haas
Artigo anterior

Fórmula E não é uma ameaça à F1, diz chefe da Haas

Próximo artigo

Fórmula E mira fabricantes japoneses e norte-americanos

Fórmula E mira fabricantes japoneses e norte-americanos
Carregar comentários