Pista inglesa que sediou CART encerra atividades esportivas

compartilhar
comentários
Pista inglesa que sediou CART encerra atividades esportivas

Diretor executivo do Rockingham Motor Speedway, Peter Hardman confirmou que as atividades esportivas serão encerradas no local ao fim de 2018 após a venda do complexo a investidores não identificados.

Rumores sobre o futuro da pista inglesa foram intensificados nos últimos meses, o que fez com que o local ficasse de fora dos calendários de 2019 do BTCC e do campeonato britânico de GTs.

Estes são os campeonatos de maior destaque que ainda competem no circuito misto do local, enquanto que o Pickup Truck Racing Championship é a única categoria que utiliza o oval.

Hardman, em entrevista ao Northamptonshire Telegraph, disse: “Todos os eventos do fim de 2018 serão realizados com o profissionalismo e entusiasmo que é marca registrada de Rockingham, mas as atividades do circuito serão encerradas ao início de 2019.”

Os novos donos ainda devem confirmar qual será o futuro do local, mas Hardman indicou que o grupo quer transformá-lo em um complexo automotivo.

O Motorsport.com entende que é provável que a pista se torne um local de depósito de carro usados, de testes e que sedie leilões.

Há atualmente 50 empresas operando em Rockingham, nem todas relacionadas ao automobilismo, mas espera-se que elas continuem aptas a operar fora do local em Corby.

O circuito de Rockingham ganhou maior fama internacional ao sediar duas corridas da CART, em 2001 e 2002, vencidas respectivamente por Gil de Ferran e Dario Franchitti.

Adrian Fernandez and Paul Tracy

Adrian Fernandez and Paul Tracy

Photo by: Fernandez Racing

Motorsport Network e 704Games anunciam parceria

Artigo anterior

Motorsport Network e 704Games anunciam parceria

Próximo artigo

Radar verde-amarelo: vitória de Pedro Piquet é ponto alto

Radar verde-amarelo: vitória de Pedro Piquet é ponto alto
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Geral