Prometendo mudança, Giaffone lança associação de pilotos

compartilhar
comentários
Prometendo mudança, Giaffone lança associação de pilotos
Por:

Englobando todas as categorias ao automobilismo e pilotos semiprofissionais, nova organização terá voto no conselho da CBA

Felipe Giaffone
Rubens Barrichello
Carro de Rubens Barrichello e Augusto Farfus
Felipe Giaffone é cumprimentado após vencer em Santa Cruz do Sul
Átila Abreu
Caca Bueno
Cacá Bueno e Daniel Serra
Carro de Allam Khodair e Antonio Felix da Costa
Bia Figueiredo
Ricardo Maurício em Campo Grande
Carro de Ricardo Maurício e Guilherme Salas
Largada - Corrida 1 - Velopark
Largada

O tricampeão da Fórmula Truck, Felipe GIaffone, lançou em evento nesta última quinta-feira a Associação de Brasileira de Pilotos de Automobilismo. A ABPA busca ser algo que para muitos o automobilismo brasileiro carece: uma organização séria e imparcial de pilotos que vise mudanças positivas para o esporte.

“Esta associação vem de uma brecha do estatuto da CBA, que permite uma associação de pilotos. Quando questionamos o Cleyton Pinteiro (presidente da CBA), ele mesmo nos apoiou a criar a associação para termos voto dentro da CBA”, disse Giaffone.

“Nas reuniões, discutimos como a associação poderia trabalhar por todos os pilotos. Nunca se pôde unir muitos pilotos – até porque alguns deles se odeiam. Pilotos batem roda na pista e fora na disputa por patrocínios. Nosso maior desafio foi provar para os pilotos de nome que somos para todos.”

A ABPA planeja ter representantes em todas as modalidades do automobilismo, para atender a todos os nichos. Desde a Stock Car e a Fórmula Truck, até eventos off-road e provas amadoras de kart.

O custo para se afiliar é de R$ 275 anuais. A associação tem como meta ter mil adesões até o fim de 2016.

Direção e associados

O quadro societário da organização conta com Felipe Giaffone (Fórmula Truck) como presidente, Nonô Figueiredo (Brasileiro de Marcas) como diretor financeiro e Beto Monteiro (Fórmula Truck) como conselheiro.

Além destes pilotos, outros nomes que estão juntos da ABPA são Allam Khodair, Antonio Pizzonia, Átila Abreu, Bia Figueiredo, Cacá Bueno, Daniel Serra, Rubens Barrichello, Luciano Burti, Max Wilson, Ricardo Maurício, Ricardo Zonta, Thiago Camilo, Vitor Meira e Guilherme Spinelli representando o rali.

“Em agosto do ano passado tudo ganhou forma. Constituímos a ABPA com CNPJ e com o quadro de sócios”, acrescentou Giaffone. “A associação já está devidamente cadastrada no estatuto da CBA de acordo com a Lei Pelé. Constamos como um membro da CBA.  Nosso site vai ser a nossa ferramenta principal de trabalho. Toda a divulgação, gestão e adesão será feita por lá.”

Benefícios e atuação

Para Giaffone, boa parte da receita da ABPA virá de pilotos semiprofissionais e amadores. Estes terão diversos benefícios na aquisição de pneus de kart, equipamentos de segurança, baterias de kart indoor entre outras coisas.

Vitor Meira está diretamente ligado ao interesse de pilotos semiprofissionais na associação. O ex-piloto da Indy irá trabalhar em Brasília atuando junto ao governo por incentivos fiscais para associados na aquisição de itens de segurança importados, como capacetes, HANS e afins.

Giaffone disse: “Não tem ninguém do automobilismo no governo para nos orientar. Queremos chegar em um ponto que a associação ajude a viabilizar os projetos do automobilismo que vão para o governo.”

Inquérito pós-escândalo do WhatsApp

Por ser presidente da ABPA, Felipe Giaffone foi escolhido como o presidente da comissão de inquérito que irá investigar as trocas de mensagens suspeitas entre comissários da CBA em um grupo de WhatsApp sobre possíveis punições propositais ao pentacampeão da Stock Car Cacá Bueno.

O inquérito que deveria durar 30 dias foi prorrogado por mais dez e agora mais oito dias. Com a associação criada, Giaffone irá se reunir com advogados nesta e na próxima semana para decidir os próximos passos.

No entanto, uma grande punição não deverá acontecer. A ABPA promete fiscalizar melhor o trabalho dos comissários, de modo que possíveis preferências pessoais não interfiram na análise dos comissários da CBA. 

Confira o vídeo de apresentação da associação:

Fittipaldi fala sobre crise financeira envolvendo seu nome

Artigo anterior

Fittipaldi fala sobre crise financeira envolvendo seu nome

Próximo artigo

VOLTA RÁPIDA: o que rolou no fim de semana do automobilismo

VOLTA RÁPIDA: o que rolou no fim de semana do automobilismo
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Geral
Pilotos Felipe Giaffone
Autor Gabriel Lima