GT Sprint Race: Pilotos iniciam campanhas pelos títulos da 11ª temporada

Thiago Camilo e Raphael Teixeira são os líderes da classe PRO, Rafael Seibel está à frente na PROAM e Walter Lester e Giovani Girotto estão empatados na AM

GT Sprint Race: Pilotos iniciam campanhas pelos títulos da 11ª temporada
Carregar reprodutor de áudio

Após o show de emoções e velocidades da primeira etapa da Dignity Gold GT Sprint Race, realizada no Autódromo de Santa Cruz do Sul, o campeonato divulgou as suas primeiras parciais da classificação da temporada 2022. Thiago Camilo / Raphael Teixeira, que revezam o cockpit do GTSR#21, estão em primeiro lugar na classe PRO, com 45 pontos. Rafael Seibel (#79) lidera a PROAM, com 39 pontos. Na AM, Walter Lester (#17) e Giovani Girotto (#72) estão empatados na ponteira da classe, com 45 pontos.

Leia também:

Para Thiago Camilo, estar na liderança é o melhor cenário possível para a dupla: “As expectativas são boas para a temporada, trabalhamos bastante em Santa Cruz pensando na longevidade e vamos constantes nesse propósito”, confia o paulistano.

Por sua vez, o piloto Raphael Teixeira diz que a estratégia é manter o foco até o final da temporada: “É muito bom começar o ano liderando, e do lado de um grande piloto como o Thiago. Conseguir entregar o resultado com uma boa performance foi muito gratificante”, complementa seu parceiro Raphael Teixeira.

Na AM, Walter Lester e Giovani Girotto revezaram as lideranças nos treinos e mantiveram o equilíbrio em resultados nas duas corridas da etapa de abertura da edição 2022 em Santa Cruz do Sul: “Estreia da temporada e na pista de Santa Cruz do Sul com chuva e pouca visibilidade exige ter muita concentração e calma. Consegui me sair bem com um primeiro e um segundo lugar. Iniciar o ano na liderança é sempre muito gratificante”, declarou Walter.

O curitibano Giovani Girotto está satisfeito com o objetivo alcançado na pista gaúcha: “É muito bom começar o ano com pole vitória, o campeonato é longo e o foco tem que ser ganhar corridas para no final do ano começar a fazer cálculos”, destacou.

Rafael Seibel, líder da PROAM, revela que podia ter feito melhor, mas está bem feliz com seu posicionamento na classificação: “O retorno à GTSR foi o melhor possível. As muitas horas de treino no simulador ajudaram a pegar rápido à mão do desafiador traçado de Santa Cruz e a adaptação ao novo carro que, aliás, está fantástico de pilotar, tem sido boa também. Tudo isso, somado à regularidade que o campeonato exige, nos permitiram ótimos resultados em ambas as corridas, coroando com o P1 e a liderança”, afirmou o piloto, representante também de São Paulo.

O calendário da competição está dividido em duas séries e nove etapas: o campeonato nacional, com seis etapas (duas corridas cada), Santa Cruz do Sul, Velocitta, Interlagos, Londrina e Tarumã, e a “Special Edition” três etapas (Goiânia, Interlagos e Brasília), com três corridas cada. Da somatória dessas duas séries sairá o campeão do Overall nas suas respectivas categorias: PRO, AM e PROAM.

As nove etapas da GT Sprint Race terão transmissão ao vivo no Motorsport.com.

Classificação do campeonato, após primeira etapa:

PRO

1) #21 Thiago Camilo/Raphael Teixeira, 45 pontos

2) #77 Ricardo Sperafico/ Pedro Costa, 33

3) #13 Rafael Dias, 32

4) #82 Gerson Campos, 28

5) #19 Luciano Zangirolami/Sérgio Ramalho, 26

6) #01 Marcelo Henriques/Alex Seid, 20

7) #37 Ayrton Chorne, 18

8) #87 Rodrigo Sperafico/Jorge Martelli, 16

9) #12 Edgar Bueno Neto, 8

AM

1) #17 Walter Lester, 45 pontos

2) #72 Giovani Girotto, 45

3) #08 Alexandre Kauê, 28

4) #78 Leo Yoshii, 16

5) #31 Roberto Possas, 14

PROAM

1) #79 Rafael Seibel, 39 pontos

2) #56 Brendon Zonta, 32

3) #18 Dudu Trindade, 25

4) #54 Diogo Moscato, 20

5) #61 Antonio Junqueira, 16

6) #10 Adalberto Baptista, 10

7) #16 Lucas Mendes/Marco Garcia, 8

compartilhar
comentários
GT Sprint Race: quebra encerra chance de pódio de Roberto Possas
Artigo anterior

GT Sprint Race: quebra encerra chance de pódio de Roberto Possas

Próximo artigo

GT Sprint Race: peso 'extra' estabelece mais um desafio aos líderes

GT Sprint Race: peso 'extra' estabelece mais um desafio aos líderes