Castroneves: “preocupação está em como conseguir a número 4"

Brasileiro que busca quarta vitória na mítica corrida, fala de possíveis obstáculos que podem impedi-lo de chegar à marca

Castroneves: “preocupação está em como conseguir a número 4"
Helio Castroneves, Team Penske Chevrolet
Helio Castroneves, Team Penske Chevrolet talking with Pippa Mann, Dale Coyne Racing Honda
Helio Castroneves, Team Penske Chevrolet
Helio Castroneves, Team Penske Chevrolet
Carregar reprodutor de áudio

Não faltam números para destacar a relevância da centésima edição das 500 Milhas de Indianápolis. Um deles, que sempre emerge quando se trata do tricampeão Helio Castroneves é o 4. O ribeirão-pretano pode ser o primeiro estrangeiro a conquistar o tetra no oval mais tradicional do planeta.

“Eu me preocupo com o que eu preciso fazer para buscar o número 4”, resumiu o piloto do carro #3. "Seria ótimo para os livros de estatísticas igualar o que só três competidores foram capazes de fazer até hoje. Mas minha mente não está nisso, estou focado em o que tenho que fazer para me colocar em posição de tornar isso possível.”

Nesse sentido, Castroneves destacou a importância do posicionamento na pista. Quanto mais carros à sua frente, mais complicado – mesmo em se tratando de uma corrida de 500 milhas. 

“Depende muito do carro. A instabilidade vai de nível 1 a 5 quando você tem três carros à frente e salta de 5 a 10 quando tem 10 carros à frente, então isso é um ponto de atenção para o piloto e para o esporte”, observou Helinho.

O grupo de tetracampeões da Indy500 tem AJ Foyt, Al Unser Sr e Rick Mears.

compartilhar
comentários
Montoya quer “Nescau” em Indianápolis
Artigo anterior

Montoya quer “Nescau” em Indianápolis

Próximo artigo

De olho em nova tatoo, Kanaan fala de motivação da Indy500

De olho em nova tatoo, Kanaan fala de motivação da Indy500