Executivo da GM pede desculpas após bater Pace Car

Mark Reuss, vice-presidente da GM, utilizou as redes sociais para se desculpar, após bater Corvette ZR-1 antes da segunda prova da Indy em Detroit

Executivo da GM pede desculpas após bater Pace Car
Carregar reprodutor de áudio

Uma das cenas mais marcantes de 2018 aconteceu neste domingo em Belle Isle, onde aconteceu a segunda corrida da rodada dupla. Antes da largada, o vice-presidente de desenvolvimento de produtos da GM, Mark Reuss, que guiava o Pace Car da prova, perdeu o controle do Corvette ZR1 que guiava e estampou o muro da curva 1 do circuito de Detroit.

O carro que vale US$120 mil (aproximadamente R$ 445 mil) ficou com a frente danificada e a organização da prova teve que providenciar outro veículo, dessa vez sob o comando do piloto Oriol Servia.

Não restou outra alternativa e Reuss pediu desculpas, utilizando as redes sociais.

"Quero agradecer a todos pelas palavras", disse Reuss. "Eu estou bem. Eu andei neste traçado muitas e muitas vezes, no molhado, no frio, no calor. No Z06, Grand Sports e outros.”

“Nunca é uma coisa casual para mim, mas é uma honra a ser feita. Falhei com meus amigos, minha família, a Indy, nossa cidade e minha empresa. Desculpas não descrevem isso. Quero agradecer aos nossos engenheiros por me fornecerem a segurança que eu sei que é a melhor do mundo.”

A GM também emitiu um comunicado à imprensa: “É lamentável que este incidente tenha acontecido. Muitos fatores contribuíram, incluindo condições meteorológicas e de pista. Os sistemas de segurança do carro tiveram o desempenho esperado.”

Reuss e o passageiro, Mark Sand, um comissário da Indy, não ficaram feridos no acidente.

(Re)Veja o incidente

 

 

 

 

compartilhar
comentários
Hunter-Reay supera Rossi e vence em Detroit; Kanaan é 7º
Artigo anterior

Hunter-Reay supera Rossi e vence em Detroit; Kanaan é 7º

Próximo artigo

Newgarden é pole da Indy no Texas; Kanaan é 6º e Leist 19º

Newgarden é pole da Indy no Texas; Kanaan é 6º e Leist 19º
Carregar comentários