Repórter é demitido após postagem polêmica sobre Sato

Terry Frei, que trabalhava no Denver Post, afirmou que se sentiu mal em ver um piloto japonês ganhar a Indy 500 na véspera do Memorial Day

Repórter é demitido após postagem polêmica sobre Sato

Um simples tweet causou uma grande polêmica assim que Takuma Sato entrou para a história do automobilismo, ao conquistar a primeira vitória de um piloto japonês nas 500 Milhas de Indianápolis.

O jornalista Terry Frei, do Denver Post, colocou em sua conta do Twitter a seguinte frase:

 

Post ofensivo Terry Frei
 

 

"Nada pessoal, mas não fico confortável em ver um piloto japonês vencendo a Indy 500 durante o fim de semana do Memorial Day."

O Memorial Day é um feriado norte-americano, que ocupa o último fim de semana do mês de maio e que faz referência aos combatentes que morreram em guerras dos Estados Unidos.

Tão logo a polêmica se instalou, o jornal se pronunciou, informando que Frei não fazia mais parte da publicação.

 

Já demitido e tendo apagado o post, Terry Frei publicou uma carta, pedindo desculpas às pessoas que se ofenderam e a Takuma Sato, vencedor da prova. O jornalista alegou que estava em um dia emocional, já que havia visitado seu pai no cemitério, ex-combatente da 2ª Guerra Mundial, quando Estados Unidos e Japão não estavam do mesmo lado.

 
compartilhar
comentários
Alonso ganha 300 mil dólares na Indy 500 mesmo abandonando

Artigo anterior

Alonso ganha 300 mil dólares na Indy 500 mesmo abandonando

Próximo artigo

Gutierrez pode substituir Bourdais na Indy

Gutierrez pode substituir Bourdais na Indy
Carregar comentários