Dispensado da Aspar, Hernandez retorna à Moto2 em 2017

Yonny Hernandez volta para classe intermediária do Mundial de Motovelocidade após perder vaga na Aspar para Karel Abraham; colombiano vai para a AGR

Dispensado da Aspar, Hernandez retorna à Moto2 em 2017
Yonny Hernandez, Aspar MotoGP Team
Yonny Hernandez, Aspar Racing Team
Yonny Hernandez, Aspar Racing Team
Yonny Hernandez, Aspar Racing Team
Yonny Hernandez, Aspar MotoGP Team

Na manhã da última terça-feira (18), a Aspar confirmou Karel Abraham como companheiro de Alvaro Bautista para a temporada 2017 da MotoGP, dispensando Yonny Hernandez. O colombiano, porém, não ficou muito tempo sem emprego, já que nesta quarta-feira (19) a AGR anunciou a contratação do piloto para a disputa da Moto2 no próximo ano.

A dispensa de Hernandez veio após o fraco desempenho do piloto, último colocado entre os que disputam a temporada 2016 em tempo integral, com apenas 17 pontos. Eugene Laverty, atual companheiro de equipe do colombiano - que também deixa a MotoGP, mas rumo ao Mundial de Superbike - tem 71 pontos com o mesmo equipamento.

Sem lugar na classe principal, que já tem o grid completo, Hernandez retorna à Moto2 - por onde passou em 2010 e 2011 - encerrando uma sequência de cinco temporadas na MotoGP.

“Estou muito grato e ansioso por poder fazer parte deste time e entrar em um novo projeto. Espero poder brigar pelas primeiras posições, é um novo desafio para mim. Espero que as coisas fluam bem e que sejamos capazes de fazer um bom trabalho juntos", disse o piloto.

A AGR, que atualmente conta com Marcel Schrotter e Axel Pons na Moto2, ainda não anunciou o companheiro de Hernandez para 2017.

compartilhar
comentários
De ponta a ponta, Luthi vence no Japão; Morbidelli é 3º
Artigo anterior

De ponta a ponta, Luthi vence no Japão; Morbidelli é 3º

Próximo artigo

Luthi segue em alta e larga na frente na Austrália

Luthi segue em alta e larga na frente na Austrália
Carregar comentários