Suter volta atrás e desiste de abandonar Moto2

Forward Racing divulgou que usará motos Suter na temporada 2018 da Moto2, apesar do fabricante suíço anunciar recentemente sua saída da série

Suter volta atrás e desiste de abandonar Moto2

A Suter, uma das principais fabricantes da Moto2 desde a sua criação em 2010, anunciou a retirada da categoria, depois que uma das duas equipes de 2017, a Kiefer Racing, mudou para a KTM.

No entanto, a Forward Racing, que usou motos Kalex desde 2014, revelou que mudará para Suter para a próxima temporada, e realizará um "programa de teste estimulante" com foco em 2019.

A Forward está na Moto2 desde 2010, e usou motos Suter por três anos antes de mudar para a Speed Up por uma temporada e, em seguida, a Kalex desde 2014.

"Estou muito feliz em trabalhar novamente com a Suter Industries, que já era uma parte vital no início da nossa experiência na Moto2", disse o chefe da Forward, Giovanni Cuzari.

"Este é um retorno às origens, ainda tenho boas lembranças desses anos, o início de tudo, um período de trabalho árduo que nos recompensou com resultados fantásticos.”

"Durante a minha última visita à sede, sete anos após a minha última viagem a Turbenthal, vi grandes progressos e muitos investimentos realizados por esta empresa e acho que a Suter Industries é a única que poderia trazer atualizações importantes."

A permanência da Suter significa que o grid da Moto2 de 2018 terá seis chassis diferentes, juntamente com a Kalex, KTM, Speed Up, Tech 3 e NTS.

A Forward Racing entrará a temporada de 2018 com o antigo protegido da Sky VR46 Stefano Manzi e o piloto brasileiro Eric Granado, campeão do CEV Moto2 deste ano.

compartilhar
comentários
Campeã com Márquez em 2012, Suter anuncia saída da Moto2

Artigo anterior

Campeã com Márquez em 2012, Suter anuncia saída da Moto2

Próximo artigo

Com KTM, Moto2 pode virar “Davi x Golias”, alerta chefe

Com KTM, Moto2 pode virar “Davi x Golias”, alerta chefe
Carregar comentários