Após fratura no pulso, Rins retorna em teste em Barcelona

Alex Rins, que não corre desde o GP das Américas, volta a pilotar moto da Suzuki em teste pós-GP da Catalunha

Após fratura no pulso, Rins retorna em teste em Barcelona
Carregar reprodutor de áudio

Alex Rins já tem o retorno à MotoGP confirmado: na próxima segunda-feira, dia seguinte ao GP da Catalunha, a categoria dá início a dois dias de testes coletivos no circuito de Barcelona. Rins, que fraturou o pulso durante os treinos livres para o GP das Américas, volta a representar a Suzuki nessas sessões.

Além dos dois dias de testes coletivos, Rins ainda pilota na quarta, quando a Suzuki realiza treinos privados no circuito catalão.

Se tudo correr bem, Rins volta para a GSX-RR para os GPs da Holanda e da Alemanha, as duas provas que antecedem as férias do verão europeu.

Na ausência de Rins, Takuya Tsuda - piloto de testes da Suzuki - disputou o GP da Espanha, enquanto o campeão do Mundial de Superbike em 2014, Sylvain Guintoli, assumiu a moto do espanhol em Le Mans, Mugello e segue na Catalunha, última prova antes do retorno de Rins.

Entende-se que Guintoli também participa dos dois dias de testes oficiais na Catalunha, junto a Rins e Iannone.

compartilhar
comentários
Márquez: “Rossi deve ser admirado pelo que faz e como faz"
Artigo anterior

Márquez: “Rossi deve ser admirado pelo que faz e como faz"

Próximo artigo

Rossi chega à Catalunha com terceiro maior jejum da carreira

Rossi chega à Catalunha com terceiro maior jejum da carreira
Carregar comentários