Cessar-fogo: as rivalidades das pistas que chegaram ao fim

Assim como a rivalidade entre Valentino Rossi e Marc Márquez, outras tensões nas pistas chegaram ao fim - nem todas sem arrependimentos; confira galeria

Cessar-fogo: as rivalidades das pistas que chegaram ao fim
Carregar reprodutor de áudio

No último domingo (5), Valentino Rossi e Márc Marquez colocaram as diferenças e toda tensão do final da temporada 2015 da MotoGP de lado e cumprimentaram um ao outro após o final do GP da Catalunha, vencido pelo italiano.

O esporte a motor já viu outras situações de alta tensão entre dois pilotos e que terminou em cessar-fogo - nem sempre sem arrependimentos, como pode ser visto na galeria especial preparada pelo Motorsport.com Brasil.

Confira:

A rivalidade entre Valentino Rossi e Marc Márquez já vinha esquentando ao longo da temporada 2015 da MotoGP. No GP da Malásia, porém, a situação chegou ao ponto mais explosivo.
A rivalidade entre Valentino Rossi e Marc Márquez já vinha esquentando ao longo da temporada 2015 da MotoGP. No GP da Malásia, porém, a situação chegou ao ponto mais explosivo.
1/16

Foto de: Bridgestone

Irritado com o que considerou um ato deliberado do espanhol para prejudicá-lo, Rossi jogou Márquez para fora da pista.
Irritado com o que considerou um ato deliberado do espanhol para prejudicá-lo, Rossi jogou Márquez para fora da pista.
2/16

Foto de: Yamaha MotoGP

Desde então, Rossi e Márquez não haviam protagonizado um grande duelo por uma vitória - na Argentina, a disputa entre os dois só durou até a primeira metade da corrida, vencida com facilidade pelo espanhol.
Desde então, Rossi e Márquez não haviam protagonizado um grande duelo por uma vitória - na Argentina, a disputa entre os dois só durou até a primeira metade da corrida, vencida com facilidade pelo espanhol.
3/16

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

No GP da Catalunha, porém, a dupla protagonizou a disputa até o final, quando Rossi levou a melhor.
No GP da Catalunha, porém, a dupla protagonizou a disputa até o final, quando Rossi levou a melhor.
4/16

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Levando em consideração a tragédia com Luis Salom nos treinos livres da Moto2, Rossi considerou que "era a coisa certa a se fazer" e estendeu a mão a Márquez ao final da prova. O espanhol aceitou o gesto do italiano.
Levando em consideração a tragédia com Luis Salom nos treinos livres da Moto2, Rossi considerou que "era a coisa certa a se fazer" e estendeu a mão a Márquez ao final da prova. O espanhol aceitou o gesto do italiano.
5/16

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Uma das grandes rivalidades da história do esporte a motor foi, sem dúvida, protagonizada por Ayrton Senna e Alain Prost. Tudo começou bem, até que...
Uma das grandes rivalidades da história do esporte a motor foi, sem dúvida, protagonizada por Ayrton Senna e Alain Prost. Tudo começou bem, até que...
6/16

Foto de: Arquivo

... Em 1989, segundo ano da dupla na McLaren, a guerra culminou no polêmico toque no GP do Japão, que acabou dando o título daquele ano ao francês.
... Em 1989, segundo ano da dupla na McLaren, a guerra culminou no polêmico toque no GP do Japão, que acabou dando o título daquele ano ao francês.
7/16

Foto de: XPB Images

No ano seguinte, já em equipes diferentes - Prost havia se mudado para a Ferrari - veio o troco do brasileiro, que bateu deliberadamente no francês e, desta forma, colocou um ponto final no campeonato de 1990, ficando com o título.
No ano seguinte, já em equipes diferentes - Prost havia se mudado para a Ferrari - veio o troco do brasileiro, que bateu deliberadamente no francês e, desta forma, colocou um ponto final no campeonato de 1990, ficando com o título.
8/16

Foto de: Jean-Francois Galeron

A tensão prosseguiu até o final da temporada de 1993, quando Senna, após vencer o GP da Austrália, colcou um fim na tensão e ergueu o braço do francês no pódio.
A tensão prosseguiu até o final da temporada de 1993, quando Senna, após vencer o GP da Austrália, colcou um fim na tensão e ergueu o braço do francês no pódio.
9/16

Foto de: Arquivo

Antes de abrir uma volta durante os treinos livres do GP de San Marino de 1994, que comentaria via rádio para a TV francesa, Senna saudou Prost, que participava daquela transmissão. "Sentimos sua falta, Alain", disse o brasileiro.
Antes de abrir uma volta durante os treinos livres do GP de San Marino de 1994, que comentaria via rádio para a TV francesa, Senna saudou Prost, que participava daquela transmissão. "Sentimos sua falta, Alain", disse o brasileiro.
10/16

Foto de: Renault

Dentro da F1, outra rivalidade que atingiu níveis dramáticos foi a de Sebastian Vettel e Mark Webber na Red Bull. O ápice, sem dúvida, foi a batida entre os dois no GP da Turquia de 2010.
Dentro da F1, outra rivalidade que atingiu níveis dramáticos foi a de Sebastian Vettel e Mark Webber na Red Bull. O ápice, sem dúvida, foi a batida entre os dois no GP da Turquia de 2010.
11/16

Foto de: XPB Images

Entre alfinetadas e trocas de acusações, a dupla trabalhou na mesma garagem por cinco temporadas. Na última corrida do australiano na F1, o GP do Brasil de 2013, Vettel foi cortês e se despediu simpaticamente de Webber.
Entre alfinetadas e trocas de acusações, a dupla trabalhou na mesma garagem por cinco temporadas. Na última corrida do australiano na F1, o GP do Brasil de 2013, Vettel foi cortês e se despediu simpaticamente de Webber.
12/16

Foto de: XPB Images

Uma rivalidade que teve um cessar-fogo forçado foi a que envolveu Dani Pedrosa e Marco Simoncelli, na temporada 2011 da MotoGP. Na disputa pela segunda posição, Simoncelli foi agressivo e causou a queda de Pedrosa, que quebrou a clavícula.
Uma rivalidade que teve um cessar-fogo forçado foi a que envolveu Dani Pedrosa e Marco Simoncelli, na temporada 2011 da MotoGP. Na disputa pela segunda posição, Simoncelli foi agressivo e causou a queda de Pedrosa, que quebrou a clavícula.
13/16

Foto de: Bridgestone Corporation

O espanhol perdeu três corridas e, ao voltar no GP da Itália, recusou-se a cumprimentar Simoncelli quando o italiano estendeu a mão.
O espanhol perdeu três corridas e, ao voltar no GP da Itália, recusou-se a cumprimentar Simoncelli quando o italiano estendeu a mão.
14/16

Foto de: Bridgestone Corporation

No GP da Malásia daquele ano, Simoncelli se envolveu em um acidente com Colin Edwards e Valentino Rossi e morreu aos 24 anos de idade. No documentário "Hitting The Apex", lançado em 2015, Pedrosa dá um depoimento comovente sobre o episódio na Itália.
No GP da Malásia daquele ano, Simoncelli se envolveu em um acidente com Colin Edwards e Valentino Rossi e morreu aos 24 anos de idade. No documentário "Hitting The Apex", lançado em 2015, Pedrosa dá um depoimento comovente sobre o episódio na Itália.
15/16

Foto de: GEPA Pictures

"Arrependo-me de não tê-lo cumprimentado naquele dia. A vida é muito curta para fazer inimigos", disse o espanhol.
"Arrependo-me de não tê-lo cumprimentado naquele dia. A vida é muito curta para fazer inimigos", disse o espanhol.
16/16

Foto de: GEPA Pictures

compartilhar
comentários
Viñales espera utilizar novo chassi da Suzuki em Assen
Artigo anterior

Viñales espera utilizar novo chassi da Suzuki em Assen

Próximo artigo

Pedrosa: "moto deste ano foi escolha de Márquez"

Pedrosa: "moto deste ano foi escolha de Márquez"