Ducati chega a Jerez buscando reverter histórico ruim

Sem ir ao pódio em Jerez de la Frontera desde 2011, time italiano vai para pista onde possui pior histórico desde entrada na MotoGP

Ducati chega a Jerez buscando reverter histórico ruim

A temporada 2017 da MotoGP tem sido mais complicada para a Ducati do que se imaginava. Após tirar Jorge Lorenzo da Yamaha a preço de ouro e manter Andrea Dovizioso na equipe, muitos viam a equipe se colocando de vez entre as candidatas ao título da temporada.

Após três etapas, porém, a situação é outra. Exceto pelo segundo lugar de Dovizioso na prova de abertura, o GP do Catar - pista na qual tradicionalmente a Ducati anda bem - o melhor resultado foi o sexto lugar do italiano no GP das Américas, terceira etapa da temporada.

Na Argentina, tanto Lorenzo quanto Dovizioso abandonaram e em Austin o tricampeão da MotoGP conseguiu o melhor resultado desde a estreia, terminando em nono. Ainda assim, os resultados estão aquém do que se esperava e tanto o espanhol quanto o italiano já deram declarações no sentido de que a fabricante deve focar a longo prazo - seja visando o final do ano ou a próxima temporada.

E a situação tende a se complicar ainda mais no próximo final de semana, quando a categoria desembarca em Jerez de la Frontera para a realização do GP da Espanha, quarta etapa da temporada. Trata-se da pista na qual a Ducati tem o pior histórico na MotoGP desde 2003, quando entrou oficialmente. 

Relembre, ano a ano, os resultados da Ducati no GP da Espanha:

Em 2003, um raro pódio da Ducati em Jerez, com Troy Bayliss. Loris Capirossi abandonou a prova.
Em 2003, um raro pódio da Ducati em Jerez, com Troy Bayliss. Loris Capirossi abandonou a prova.
1/15

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Em 2004, Bayliss abandonou e Capirossi terminou em um discreto 12º lugar.
Em 2004, Bayliss abandonou e Capirossi terminou em um discreto 12º lugar.
2/15

Foto de: Ducati Corse

Em 2005, Carlos Checa foi o décimo colocado, enquanto Capirossi completou na 13ª posição.
Em 2005, Carlos Checa foi o décimo colocado, enquanto Capirossi completou na 13ª posição.
3/15

Foto de: Ducati Corse

Em 2006, veio a única vitória da Ducati em Jerez, quando Capirossi superou Dani Pedrosa.
Em 2006, veio a única vitória da Ducati em Jerez, quando Capirossi superou Dani Pedrosa.
4/15

Foto de: Ducati Corse

Nicky Hayden, que seria campeão naquele ano, completou o pódio. Sete Gibernau, então companheiro de Capirossi, não completou a prova.
Nicky Hayden, que seria campeão naquele ano, completou o pódio. Sete Gibernau, então companheiro de Capirossi, não completou a prova.
5/15

Foto de: Repsol Media

2007 foi o ano da glória da Ducati, com Casey Stoner se sagrando campeão. Mas em Jerez o australiano não passou da quinta posição, com Capirossi abandonando mais uma vez.
2007 foi o ano da glória da Ducati, com Casey Stoner se sagrando campeão. Mas em Jerez o australiano não passou da quinta posição, com Capirossi abandonando mais uma vez.
6/15

Foto de: Team LCR

Em 2008, Stoner e Marco Melandri terminaram em 11º e 12º, nesta ordem.
Em 2008, Stoner e Marco Melandri terminaram em 11º e 12º, nesta ordem.
7/15

Foto de: Ducati Corse

Em 2009, a Ducati voltou ao pódio com o terceiro lugar de Stoner. Hayden, então companheiro do australiano, não foi além do 15º lugar.
Em 2009, a Ducati voltou ao pódio com o terceiro lugar de Stoner. Hayden, então companheiro do australiano, não foi além do 15º lugar.
8/15

Foto de: Yamaha Motor Racing

No ano seguinte, Hayden foi o quarto e Stoner completou a prova logo atrás do companheiro de equipe.
No ano seguinte, Hayden foi o quarto e Stoner completou a prova logo atrás do companheiro de equipe.
9/15

Foto de: Ducati Corse

O até agora último pódio da Ducati em Jerez foi em 2011, com Hayden terminando na terceira posição. Valentino Rossi, no primeiro ano com o time, completou em quinto.
O até agora último pódio da Ducati em Jerez foi em 2011, com Hayden terminando na terceira posição. Valentino Rossi, no primeiro ano com o time, completou em quinto.
10/15

Foto de: Ducati Corse

Em 2012, Hayden foi o oitavo, com Rossi imediatamente atrás.
Em 2012, Hayden foi o oitavo, com Rossi imediatamente atrás.
11/15

Foto de: Ducati Corse

Em 2013, Hayden foi o sétimo, com Andrea Dovizioso em oitavo e o wildcard Michele Pirro completando em 11º.
Em 2013, Hayden foi o sétimo, com Andrea Dovizioso em oitavo e o wildcard Michele Pirro completando em 11º.
12/15

Foto de: Ducati Corse

Um ano depois, Dovizioso cruzou a linha de chegada em quinto, enquanto o companheiro de equipe, Cal Crutchlow, abandonou. Pirro, que correu novamente como wildcard, também abandonou.
Um ano depois, Dovizioso cruzou a linha de chegada em quinto, enquanto o companheiro de equipe, Cal Crutchlow, abandonou. Pirro, que correu novamente como wildcard, também abandonou.
13/15

Foto de: Bridgestone Corporation

Há dois anos, Andrea Iannone foi o piloto da Ducati mais bem colocado em Jerez, em sexto. Dovizioso terminou na nona posição.
Há dois anos, Andrea Iannone foi o piloto da Ducati mais bem colocado em Jerez, em sexto. Dovizioso terminou na nona posição.
14/15

Foto de: Ducati Corse

No ano passado, Dovizioso abandonou a prova e Iannone foi o sétimo. Terá a Ducati melhor sorte em Jerez neste ano?
No ano passado, Dovizioso abandonou a prova e Iannone foi o sétimo. Terá a Ducati melhor sorte em Jerez neste ano?
15/15

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

compartilhar
comentários
Exclusiva com Márquez: "minha equipe é intocável"
Artigo anterior

Exclusiva com Márquez: "minha equipe é intocável"

Próximo artigo

Crutchlow pede melhorias para "parar de frear feito idiota"

Crutchlow pede melhorias para "parar de frear feito idiota"
Carregar comentários