MotoGP
04 out
-
06 out
Evento encerrado
18 out
-
20 out
Evento encerrado
25 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
15 nov
-
17 nov
Evento encerrado

GALERIA: 15 pilotos que voltaram à MotoGP depois de saírem

compartilhar
comentários
GALERIA: 15 pilotos que voltaram à MotoGP depois de saírem
Por:
Traduzido por: Daniel Betting
24 de jul de 2018 15:29

Depois de serem pilotos regulares da MotoGP e partirem, estes 15 pilotos foram chamados para voltarem à categoria

 

Galeria
Lista

Jürgen Van Den Goorbergh - 2005

Jürgen Van Den Goorbergh - 2005
1/15

Foto de: Fabrice Crosnier

O ano era 2005 e na segunda corrida o piloto da Konica Minolta Honda, Makoto Tamada, se lesionou. A equipe chamou Jürgen Van Den Goorbergh, que havia deixado a MotoGP em 2002, para as próximas duas corridas. Ele pontuou em ambos e foi sexto na China.

Troy Bayliss - 2006

Troy Bayliss - 2006
2/15

Foto de: Ducati Corse

Sete Gibernau se lesionou na penúltima corrida do ano em Portugal. A Ducati o substituiu em Valência pelo recém proclamado campeão mundial do WorldSBK, Troy Bayliss. O australiano regressou à MotoGP e venceu

Olivier Jacque - 2007

Olivier Jacque - 2007
3/15

Foto de: Kawasaki Racing Team

O campeão da 250 anos deixou de ser um piloto regular da MotoGP em 2003. Depois de várias substituições com a Kawasaki em 2005, a equipe chamou o francês em 2007 como substituto do Nakano, mas após um difícil início de temporada, Villerupt anunciou a sua retirada em definitivo

Tadayuki Okada - 2008

Tadayuki Okada - 2008
4/15

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

A Honda chamou Okada para testar o novo motor de válvula pneumática que eles estavam desenvolvendo no GP da Itália. O japonês disputou sua última temporada em 2000.

Sete Gibernau - 2009

Sete Gibernau - 2009
5/15

Foto de: XPB Images

Gibernau se lesionou na penúltima corrida de 2006 e não conseguiu se despedir do campeonato. Depois de dois anos fora, a equipe de Francisco Hernando, 'el pocero', o chamou de voltar a ser um piloto regular. Os problemas do treino fizeram com que o projeto durasse apenas meia temporada e o espanhol encerrou sua carreira.

Carlos Checa - 2010

Carlos Checa - 2010
6/15

Foto de: Bridgestone Corporation

Checa migrou para o WorldSBK em 2008, onde foi campeão em 2011. Como recompensa por seus bons resultados, a Ducati o recompensou no final de 2010, substituindo Kallio, que havia sido demitido da equipe Pramac.

John Hopkins - 2011

John Hopkins - 2011
7/15

Foto de: Crescent Suzuki

'Hopper' perdeu sua vaga na MotoGP em 2009. Depois de passar pelo WorldSBK, ele se juntou à Suzuki como piloto de teste em 2011 e em Jerez ele teve que substituir o lesionado Bautista.

Chris Vermeulen - 2012

Chris Vermeulen - 2012
8/15

Foto de: Bridgestone Corporation

O vencedor do GP da França em 2009 foi chamado três anos depois para substituir Edwards na NGM Mobile Forward Racing.

Toni Elias - 2015

Toni Elias - 2015
9/15

Foto de: NGM Forward Racing Team

Toni Elías teve uma despedida complicada da MotoGP. Depois de várias subidas e descidas para a Moto2, em 2013 ele foi para o WorldSBK. No entanto, em 2015 ele se juntou à AB Cardion e depois à Forward Yamaha como um eventual substituto.

Marco Melandri - 2015

Marco Melandri - 2015
10/15

Foto de: Aprilia Racing

O italiano foi para o WorldSBK em 2011, correndo com a Yamaha, BMW e Aprilia. Seu bom trabalho com a equipe de Noale o trouxe de volta à MotoGP em 2015, mas depois de algumas corridas saiu definitivamente.

Anthony West - 2015

Anthony West - 2015
11/15

Foto de: Bridgestone Corporation

O australiano foi piloto da MotoGP em 2007 e 2008. Posteriormente correu na Moto2, mas em 2015 foi chamado pela AB Cardion para substituir o lesionado Abraham.

Nicky Hayden - 2016

Nicky Hayden - 2016
12/15

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Hayden foi para o WorldSBK em 2016 pelas mãos da Honda. Curiosamente, no final da temporada, uma série de lesões o levou a fazer várias substituições na MotoGP com a Estrella Galicia e a Repsol Honda.

Sylvain Guintoli - 2017

Sylvain Guintoli - 2017
13/15

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Guintoli foi piloto da MotoGP entre 2007 e 2008, depois migrou para o WorldSBK, onde também foi campeão em 2015. No entanto, em 2017 se juntou à Suzuki como piloto de testes e as lesões de Rins o levaram a substituí-lo em três corridas.

Broc Parkes - 2017

Broc Parkes - 2017
14/15

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

O australiano foi piloto da Paul Bird Motorsport em 2014. No ano passado, em Phillip Island, substituiu o lesionado Folger.

Stefan Bradl - 2018

Stefan Bradl - 2018
15/15

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Bradl trocou a MotoGP pelo WorldSBK em 2017. Ele atualmente trabalha como piloto de testes da Honda e no último GP da Alemanha assumiu a moto do lesionado Morbidelli.

 

Próximo artigo
Zarco: “É melhor não pensar” nos ganhos do time de fábrica

Artigo anterior

Zarco: “É melhor não pensar” nos ganhos do time de fábrica

Próximo artigo

VÍDEO: Confira o trailer do documentário de Wayne Gardner

VÍDEO: Confira o trailer do documentário de Wayne Gardner
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Autor Redacción