MotoGP
R
GP do Catar
05 mar
-
08 mar
Próximo evento em
38 dias
R
GP da Tailândia
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
52 dias
R
GP das Américas
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
66 dias
R
GP da Argentina
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
80 dias
R
GP da Espanha
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
94 dias
R
GP da França
14 mai
-
17 mai
Próximo evento em
108 dias
R
GP da Itália
28 mai
-
31 mai
Próximo evento em
122 dias
R
GP da Catalunha
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
129 dias
R
GP da Alemanha
18 jun
-
21 jun
Próximo evento em
143 dias
R
GP da Holanda
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
150 dias
R
GP da Finlândia
09 jul
-
12 jul
Próximo evento em
164 dias
R
GP da República Tcheca
06 ago
-
09 ago
Próximo evento em
192 dias
R
GP da Áustria
13 ago
-
16 ago
Próximo evento em
199 dias
R
GP da Grã-Bretanha
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
213 dias
R
GP de San Marino
10 set
-
13 set
Próximo evento em
227 dias
R
GP de Aragón
01 out
-
04 out
Próximo evento em
248 dias
R
GP do Japão
15 out
-
18 out
Próximo evento em
262 dias
R
GP da Austrália
23 out
-
25 out
Próximo evento em
270 dias
R
GP da Malásia
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
276 dias
R
GP de Valência
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
290 dias

Líder de projeto da Yamaha na MotoGP é afastado do comando

compartilhar
comentários
Líder de projeto da Yamaha na MotoGP é afastado do comando
Por:
22 de jan de 2019 10:42

Kouji Tsuya sai após dois anos à frente de projeto da Yamaha depois de poucos sucessos da equipe

O líder do projeto da Yamaha na MotoGP, Kouji Tsuya, se afastou de seu cargo antes da temporada de 2019. Tsuya será substituído por Takahiro Sumi, que até agora foi o chefe da divisão de chassis da Yamaha.

Depois de outra temporada abaixo da média para a equipe de fábrica da Yamaha na MotoGP, que conseguiu apenas uma vitória em 2018 com Maverick Viñales em Phillip Island, o time caiu para o terceiro lugar na classificação dos fabricantes atrás da Ducati.

O ponto mais baixo da campanha da marca de Iwata aconteceu na Áustria, onde Tsuya foi forçado a pedir desculpas publicamente para Viñales e Valentino Rossi, depois que nenhum deles conseguiu entrar no top 10 na classificação.

Tsuya tornou-se chefe técnico da Yamaha em 2017, sucedendo Kouichi Tsuji, mas o seu tempo à frente da montadora foi marcado por resultados decepcionantes em relação aos principais rivais Honda e Ducati.

A Yamaha teve sua pior temporada na classe principal, tendo 25 corridas de jejum antes da única vitória de Viñales no ano passado. Ao substituir Tsuya por Sumi, a Yamaha espera recriar a liderança dos antigos chefes Masao Furusawa e Masahiko Nakajima, que renderam sete títulos de MotoGP com Rossi e Jorge Lorenzo.

A Yamaha revelará sua pintura para 2019, que deverá ser fortemente influenciada pelo novo patrocinador Monster Energy, em um evento de lançamento em Jacarta, na Indonésia, em 4 de fevereiro, antes dos testes de pré-temporada em Sepang no dia 6 de fevereiro.

Seu principal foco será o aperfeiçoamento da eletrônica, raiz de seus problemas no ano passado.

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing

Photo by: Gold and Goose / LAT Images

Próximo artigo
Lorenzo passa por cirurgia e perderá testes em Sepang

Artigo anterior

Lorenzo passa por cirurgia e perderá testes em Sepang

Próximo artigo

Repsol Honda revela pintura para 2019 em evento na Espanha

Repsol Honda revela pintura para 2019 em evento na Espanha
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Equipes Movistar Yamaha MotoGP
Autor Oriol Puigdemont