Lorenzo não mantém staff pessoal na mudança para Ducati

Atual campeão da MotoGP, Jorge Lorenzo levará apenas um membro do staff pessoal na transferência da Yamaha para a Ducati

Lorenzo não mantém staff pessoal na mudança para Ducati
Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing, practice start
Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing
Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing
Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing
Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing
Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing
Carregar reprodutor de áudio

Segundo o Motorsport.com apurou, Jorge Lorenzo não levará o staff pessoal para a Ducati, equipe que passará a defender a partir de 2017. O time técnico do espanhol, que o acompanha desde a estreia na na Yamaha - e na MotoGP - em 2008, não seguirá os passos do atual campeão da categoria.

A Ducati até tentou contratar o chefe de mecânicos de Lorenzo, Ramon Forcada. No entanto, durante o final de semana do GP da Catalunha, o engenheiro espanhol informou à equipe italiana que permanecerá na Yamaha, tornando-se o responsável pelo lado técnico do recém-contratado Maverick Viñales.

A maioria do staff atual de Lorenzo seguirá o caminho de Forcada - Wilco Zeelenberg (análise de pista), Davide Marelli (engenheiro de telemetria) e os mecânicos Javier Ullate, Ian Gilpin e Juri Pellegrini.

Com isso, Lorenzo chegará à Ducati apenas com Juan Llansa, mecânico de confiança do espanhol e que o acompanha desde a estreia no Mundial de Motovelocidade - pelas 125cc, em 2003, passando pelas 250cc e seguindo com o espanhol na MotoGP.

compartilhar
comentários
Rossi: "aperto de mão com Marquez foi a coisa certa a fazer"
Artigo anterior

Rossi: "aperto de mão com Marquez foi a coisa certa a fazer"

Próximo artigo

Crutchlow supera Lorenzo e Viñales em teste na Catalunha

Crutchlow supera Lorenzo e Viñales em teste na Catalunha
Carregar comentários