MotoGP
28 mar
Evento encerrado
04 abr
Evento encerrado
R
GP da Espanha
29 abr
Próximo evento em
15 dias
R
GP da França
13 mai
Próximo evento em
29 dias
R
GP da Itália
27 mai
Próximo evento em
43 dias
R
GP da Catalunha
03 jun
Próximo evento em
50 dias
R
GP da Alemanha
17 jun
Próximo evento em
64 dias
R
GP da Holanda
24 jun
Próximo evento em
71 dias
R
GP da Finlândia
08 jul
Próximo evento em
85 dias
R
GP da Áustria
12 ago
Próximo evento em
120 dias
R
GP da Grã-Bretanha
26 ago
Próximo evento em
134 dias
R
GP de Aragón
09 set
Próximo evento em
148 dias
R
GP de San Marino
16 set
Próximo evento em
155 dias
R
GP do Japão
30 set
Próximo evento em
169 dias
R
GP da Tailândia
07 out
Próximo evento em
176 dias
R
GP da Austrália
21 out
Próximo evento em
190 dias
28 out
Próximo evento em
197 dias
R
GP de Valência
11 nov
Próximo evento em
211 dias

MotoGP: Binder responde críticas de “sensível” Rossi

Piloto da KTM rebateu declaração do italiano sobre agressividade das novas gerações da categoria

MotoGP: Binder responde críticas de “sensível” Rossi

Brad Binder respondeu às críticas de Valentino Rossi sobre sua agressividade no GP do Catar da MotoGP. O piloto da KTM disparou: "Talvez ele seja um pouco sensível". 

Rossi mirou Binder na quinta-feira (01) antes do GP de Doha, depois que o sul-africano tocou no piloto da Petronas SRT na Curva 1 no último domingo, em Losail.

Leia também:

Rossi critiou Binder ao falar que alguns pilotos do grid não têm o mesmo nível de "respeito" na pista que os outros.

Quando questionado pela Autosport sobre o que achava da declaração do italiano, Binder disse: “Eu tive dois momentos com ele."

“Então, na única vez na Áustria [ano passado] nós dois saímos completamente da pista, o que é compreensível."

“Então eu acho que, em uma segunda vez,  é normal ficar um pouco chateado."

“Mas para ser justo, eu não toquei nele e acho que talvez ele seja um pouco sensível."

“Mas, além disso, não acho que fiz nada de errado. Fui ao lado dele, comecei a frear, ele soltou o freio e queria fechar."

"Então, eu liberei o freio também, fim da história."

A KTM parecia mais competitiva na sexta-feira no Catar, com Miguel Oliveira a apenas 0s030 de uma posição do Q2. Binder terminou em 18º depois de encontrar um problema com os pneus traseiros, mas sente que a sexta-feira do GP de Doha é "a primeira vez que realmente tocamos nos meus problemas".

“É a primeira vez que sinto que realmente tocamos nos meus problemas."

“Não estou muito contente com o pneu no TL2, não funcionou 100%. Foi como andar no gelo e meu outro pneu deu um salto. Muito estranho."

“Acho que os rapazes fizeram um bom trabalho esta semana, sinto que a minha moto está funcionando melhor e tenho muito mais confiança com algumas das alterações que fizeram."

“O mais irritante é que eu senti que estava pronto para fazer um bom trabalho, mas tivemos dois problemas que estavam fora do nosso controle no TL2 e eu senti que isso realmente me machucou, ou pelo menos prejudicou minha chance de tentar obter o Q2", concluiu.

F1: Nova ORDEM de forças? Veja análise DETALHADA sobre como Mercedes pode PERDER briga para Red Bull

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Batalhas entre Hamilton e Verstappen ditarão temporada 2021 da F1?

 

compartilhar
comentários
MotoGP: Miller é o mais rápido no primeiro dia de treinos do GP de Doha

Artigo anterior

MotoGP: Miller é o mais rápido no primeiro dia de treinos do GP de Doha

Próximo artigo

MotoGP: Quartararo lidera treino no Catar em sessão afetada pelo vento

MotoGP: Quartararo lidera treino no Catar em sessão afetada pelo vento
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Autor Lewis Duncan