MotoGP GP da Malásia

MotoGP: Com dedo fraturado em queda e largando em 12º, Quartararo lamenta "muitos erros" da Yamaha nas corridas

Questionado sobre estratégia para o domingo, francês disse que única abordagem é ser o mais rápido possível

Fabio Quartararo, Yamaha Factory Racing

Não há nada ruim que não possa piorar. E Fabio Quartararo aprendeu o significado disso na pele neste sábado na Malásia. Uma semana após perder a liderança da MotoGP e ver Francesco Bagnaia ter o primeiro match point neste domingo, o francês teve um dia de pesadelo, com a fratura de um dedo da mão após uma forte queda no TL4 e um quali ruim, que o deixou apenas em 12º.

Após a primeira saída do Q2, o atual campeão da MotoGP estava apenas em 11º, com as imagens nos boxes mostrando que ele claramente sofria com as dores. Na última tentativa, ele teve um momento na curva 8, onde caiu no TL4, e foi forçado a abandonar a volta, terminando na última posição entre os pilotos que lutavam pela pole.

Leia também:

Para sua sorte, os dois rivais na luta pelo título não tiveram uma sessão melhor, com Bagnaia e Aleix Espargaró caindo no Q2 e terminando em nono e décimo, respectivamente. Para manter a briga pelo título viva na final em Valência, ele não pode deixar que o italiano da Ducati faça 11 pontos a mais que ele.

Questionado sobre qual seria sua estratégia para a corrida de recuperação saindo de 12º e considerando os problemas da Yamaha com ritmo de corrida no meio do pelotão, Quartararo disse: "Saindo de P12 você não tem uma estratégia".

"A estratégia é ser o mais rápido possível e ver como as coisas se saem. Então não há uma estratégia específica, mas veremos primeiro qual pneu usar, porque não tive muito tempo com o médio e o macio. Mas acho que amanhã vamos trabalhar com o macio no warm up".

Fabio Quartararo, Yamaha Factory Racing crash

Fabio Quartararo, Yamaha Factory Racing crash

Photo by: Gold and Goose / Motorsport Images

Apesar da fratura no dedo do meio da mão esquerda, Quartararo foi liberado pelos médicos para o resto do fim de semana. E ele defende que isso não o limitou na classificação, culpando sua falta de ritmo em uma primeira saída ruim e um erro de cálculo na segunda.

"Na classificação não foi um problema. Talvez eu não estivesse tão focado ou não sei, ainda não entendi a primeira saída. E na segunda não sei porque o tempo não foi suficiente. Não calculamos direito para duas voltas".

"A segunda saída estava melhor, não em sensação, mas no tempo de volta, até chegar na curva em que caí".

Quartararo insiste que seus problemas no sábado não estão relacionados com a pressão do campeonato, admitindo que a Yamaha vem "errando em muitas coisas" nas últimas etapas.

"Para ser honesto, não sinto a pressão, mas é estranho como as coisas estão nas últimas etapas. Não sei se estamos trabalhando corretamente ou não, mas estamos errando em muitas coisas, e talvez precisamos fazer algo de diferente. Mas são corridas muito estranhas".

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura durante nossos programas. Não perca!

Podcast Motorsport.com #200 - F1 virá 'vidraça': é preciso um 'choque de realidade'?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior MotoGP: Martín faz a pole na Malásia; candidatos ao título sofrem e Bagnaia é 9º com Quartararo em 12º
Próximo artigo MotoGP: Bagnaia vence GP da Malásia, mas Quartararo é 3º e decisão do título fica para Valência

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil