MotoGP: Martín retorna ao grid no GP da Catalunha após acidente em Portimão

Espanhol da Pramac Ducati sofreu três fraturas durante o TL3 em Portimão e perdeu as últimas quatro etapas por conta da recuperação

MotoGP: Martín retorna ao grid no GP da Catalunha após acidente em Portimão

Longe das pistas desde o final de semana do GP de Portugal, o espanhol Jorge Martín, da Pramac Ducati, tem data para voltar a integrar o grid da MotoGP: neste final de semana, durante o GP da Catalunha.

O espanhol, que estreia neste ano na MotoGP, se lesionou durante o TL3 em Portimão, no último dia 17 de abril. Ele caiu com força no chão e sofreu três fraturas, duas na mão direita e outra no tornozelo do mesmo lado, além de golpes fortes e contusões, que afetaram lesões antigas.

Leia também:

Martín, que foi um dos destaques do início da temporada ao fazer a pole e liderar boa parte do GP de Doha, foi operado em 22 de abril e ficou engessado no último mês e meio, perdendo, além da etapa de Portugal, os GPs da Espanha, França e Itália.

Mas, neste fim de semana, ele voltará a subir em sua Ducati com a equipe Pramac no GP da Catalunha, a mesma moto em que subiu ao pódio no GP de Doha.

A volta de Martín é a única novidade na lista de pilotos inscritos, com a categoria confirmando que não haverá nenhum wild card. Durante seu período fora, o espanhol foi substituído por Tito Rabat em Jerez e Le Mans e por Michele Pirro em Mugello.

Martín ocupa atualmente a 17ª posição no Mundial de Pilotos, com 17 pontos, três atrás de Enea Bastianini, mas logo à frente do hexacampeão Marc Márquez, que abandonou as duas últimas etapas.

CONHEÇA a SAGA da roda de BOTTAS que causou MAIOR 'pit stop' da HISTÓRIA da F1 e envolveu FERRARI

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: O que a liderança inédita de Verstappen representa na F1?

 

compartilhar
comentários
MotoGP: Ducati deve fechar acordos com VR46 e Gresini e alinhar oito motos no grid em 2022
Artigo anterior

MotoGP: Ducati deve fechar acordos com VR46 e Gresini e alinhar oito motos no grid em 2022

Próximo artigo

MotoGP: KTM renova com Binder por três temporadas

MotoGP: KTM renova com Binder por três temporadas
Carregar comentários