MotoGP: Morbidelli terá que usar terceiro motor no Catar

Ítalo-brasileiro encontrou problemas no primeiro treino livre para o GP de Doha

MotoGP: Morbidelli terá que usar terceiro motor no Catar
Carregar reprodutor de áudio

O piloto da Petronas SRT, Franco Morbidelli, terá que destravar um terceiro motor de sua alocação para a temporada da MotoGP de 2021 depois de encontrar problemas no primeiro treino livre para o GP de Doha.

Morbidelli viu a bandeira preta com o círculo laranja, denotando um problema técnico, após sua moto ‘A-spec’ soltar fumaça na Curva 1.

Leia também:

Capaz de retornar à sessão depois do primeiro incidente, ele não reapareceu na pista após acontecer novamente nos estágios finais.

Segundo apuração do Motorsport.com, Morbidelli não sofreu nenhum problema no motor, mas a Yamaha decidiu retirar temporariamente uma das unidades de sua alocação para tentar encontrar o problema. A equipe acredita que a complicação decorre do sistema onde o óleo passa pelo motor.

A marca japonesa não é autorizada a abrir o motor sem o consentimento expresso da direção técnica da MotoGP, no entanto, pode usar câmeras microscópicas para investigar as partes internas, bem como fluidos especiais.

A decisão da Yamaha significa que Morbidelli vai utilizar na segunda sessão de treinos livres no Catar um terceiro motor dos sete disponíveis para toda a campanha de 2021.

Morbidelli teve uma semana conturbada em Losail, depois de ter sido prejudicado por um problema com o dispositivo de 'holeshot' da Yamaha no último domingo.

No entanto, Morbidelli admitiu na quinta-feira, antes do GP de Doha, que a causa exata do problema não foi identificada e que sua equipe mudou tudo na moto, o que lançou dúvidas sobre a confiabilidade.

O piloto terminou a primeira sessão do GP de Doha como quinto mais rápido, apesar de seus problemas.

A campanha de 2020 da Yamaha foi marcada por problemas no motor, falhas nas válvulas de um fornecedor secundário que ela havia preparado para o GP da Espanha causou inúmeras complicações.

O fato da marca japonesa ter usado um fornecedor de válvula diferente em vez dos componentes que homologou pela FIM antes da temporada de 2020 fez com que tivesse pontos deduzidos no campeonato de construtores e de equipes.

F1: Nova ORDEM de forças? Veja análise DETALHADA sobre como Mercedes pode PERDER briga para Red Bull

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Batalhas entre Hamilton e Verstappen ditarão temporada 2021 da F1?

 

compartilhar
comentários
MotoGP: Aleix Espargaró lidera primeira sessão de treinos do GP de Doha
Artigo anterior

MotoGP: Aleix Espargaró lidera primeira sessão de treinos do GP de Doha

Próximo artigo

MotoGP: Márquez é ignorado nas previsões de rivais para campeão de 2021

MotoGP: Márquez é ignorado nas previsões de rivais para campeão de 2021
Carregar comentários