MotoGP
R
GP do Catar
25 mar
Próximo evento em
64 dias
R
GP da Argentina
08 abr
Próximo evento em
78 dias
R
GP das Américas
15 abr
Próximo evento em
85 dias
R
GP da Espanha
29 abr
Próximo evento em
99 dias
R
GP da França
13 mai
Próximo evento em
113 dias
R
GP da Itália
27 mai
Próximo evento em
127 dias
R
GP da Catalunha
03 jun
Próximo evento em
134 dias
R
GP da Alemanha
17 jun
Próximo evento em
148 dias
R
GP da Holanda
24 jun
Próximo evento em
155 dias
R
GP da Finlândia
08 jul
Próximo evento em
169 dias
R
GP da Áustria
12 ago
Próximo evento em
204 dias
R
GP da Grã-Bretanha
26 ago
Próximo evento em
218 dias
R
GP de Aragón
09 set
Próximo evento em
232 dias
R
GP de San Marino
16 set
Próximo evento em
239 dias
R
GP do Japão
30 set
Próximo evento em
253 dias
R
GP da Tailândia
07 out
Próximo evento em
260 dias
R
GP da Austrália
21 out
Próximo evento em
274 dias
R
GP da Malásia
28 out
Próximo evento em
281 dias
R
GP de Valência
11 nov
Próximo evento em
295 dias

MotoGP: Saiba o motivo de segunda prova em Jerez ser chamada de GP da Andaluzia

compartilhar
comentários
MotoGP: Saiba o motivo de segunda prova em Jerez ser chamada de GP da Andaluzia
Por:

Etapa será a segunda prova da MotoGP em 2020 no circuito Ángel Nieto de Jerez. Por que se chamará assim?

O novo coronavírus colocou em xeque todos os calendários do esporte a motor e com a MotoGP não foi diferente. Com o risco massivo de contágio, para ter a possibilidade de realizar um campeonato, a Dorna, detentora dos direitos comerciais da MotoGP, e a FIM (Federação Internacional de Motociclismo) decidiram formar um novo calendário com um número reduzido de locais (e de países), além de realizar duas corridas em vários circuitos. O de Jerez, depois do GP da Espanha, agora recebe o GP da Andaluzia.

Leia também:

Por que a MotoGP correrá duas vezes no mesmo circuito em 2020?

A pandemia de Covid-19 trouxe consigo numerosas restrições de viagem, o que provocou o cancelamento de diversos GPs. Além disso, uma das medidas para evitar o contágio é realizar as corridas com portões fechados, sem público, e isso não interessa a todos os organizadores.

Com a ideia de reduzir as viagens e evitar que possíveis casos de coronavírus apareçam, a MotoGP formou um calendário de, no momento, 13 corridas, entre as quais mais da metade (7) são no mesmo país, a Espanha.

Correndo duas vezes no mesmo circuito é possível que haja menos movimento dos funcionários da categoria e das equipes e, assim, os protagonistas do campeonato, que passam por testes de coronavírus com frequência, estejam certamente controlados. O resumo é simples: quanto menos lugares se visitar, menos risco de contágio existe.

O que é Andaluzia?

A Andaluzia é uma das 17 comunidades autônomas em que a Espanha está dividida. No sul do país, esta região de enorme riqueza histórica e cultural é composta por oito províncias, entre as quais está a de Cádiz, que por sua vez tem a cidade de Jerez. Em Jerez, está localizado o Circuito Ángel Nieto, sede do GP da Andaluzia.

Por que se chama GP da Andaluzia?

Não podem haver corridas com nomes iguais no calendário da MotoGP e, portanto, não podem existir dois GPs da Espanha. Por essa razão, as demais provas na Espanha têm seu nome próprio: GP de Aragón, GP da Catalunha, GP de Valência…

Jerez é a sede do GP da Espanha, porém sua segunda corrida tinha que ter outra denominação e os organizadores decidiram homenagear sua comunidade e, assim, divulgá-la como um ótimo destino de férias.

Carmelo Ezpeleta, CEO da Dorna, foi o grande apoiador de que a temporada fosse aberta com duas corridas em Jerez. A negociação com a prefeita de Jerez, Mamen Sánchez, foi simples, embora ela quisesse dois GPs com público.

Ela solicitou uma reunião com Ezpeleta e com o vice-presidente do governo da Andaluzia, Juan Marín, para analisar a possibilidade de ter fãs nas arquibancadas, mas ele finalmente teve que desistir.

Além disso, o circuito de Jerez acolherá o Campeonato Mundial de Superbike em 2020, que acontece no dia 2 de agosto.

A MotoGP correrá duas vezes em outras pistas?

Além de Jerez, a MotoGP tem duas corridas programadas em outros três circuitos. O Red Bull Ring, assim como na Fórmula 1, receberá o GP da Áustria e o GP da Estíria, planejados para acontecer nos dias 16 e 23 de agosto. Depois, em setembro, Misano será a sede do GP de San Marino e do GP de Emilia-Romagna, outro nome que também estreará neste ano. E por último, o Motorland Aragón também será um circuito com duas provas, o GP de Aragón e o GP de Teruel.

Haverá algo diferente no GP da Espanha em Jerez?

Não, a organização do GP da Andaluzia será exatamente igual a do GP da Espanha, com as mesmas medidas e o mesmo formato.

 

VÍDEO: Foto 'viralizada' de Norris ilustra como McLaren saiu do buraco na F1; Ricardo Penteado explica

PODCAST: O debate de fãs e 'haters' sobre domínio de Hamilton e participação de Eric Granado

 

MotoGP: Márquez é declarado apto para correr no GP da Andaluzia

Artigo anterior

MotoGP: Márquez é declarado apto para correr no GP da Andaluzia

Próximo artigo

MotoGP: Viñales é o mais rápido do dia em Jerez; Márquez correrá apenas no sábado

MotoGP: Viñales é o mais rápido do dia em Jerez; Márquez correrá apenas no sábado
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da Andaluzia
Localização Circuito de Jerez
Autor Jose Carlos de Celis