MotoGP
R
GP da Grã-Bretanha
27 ago
Canceled
15 out
Evento encerrado
16 out
Evento encerrado
23 out
Evento encerrado
R
GP da Austrália
23 out
Canceled
R
GP da Malásia
29 out
Canceled
R
GP da Europa
06 nov
Próximo evento em
10 dias
R
GP de Valência
13 nov
Próximo evento em
17 dias
R
GP de Portugal
20 nov
Próximo evento em
24 dias

MotoGP: Viñales lidera teste em Misano marcado pela ausência de Morbidelli

compartilhar
comentários
MotoGP: Viñales lidera teste em Misano marcado pela ausência de Morbidelli
Por:

Nakagami e Zarco completaram o Top 3; sessão foi marcada por quedas e incidentes

O paddock da MotoGP voltou ao circuito de Misano na terça (15), apenas dois dias após o GP de San Marino e antes do GP da Emilia Romagna, para uma sessão de testes. E em um dia marcado pela ausência do vencedor Franco Morbidelli, a liderança do dia ficou com Maverick Viñales.

Morbidelli, que venceu a prova do último domingo, ficou de fora devido a dores no estômago, enquanto a Tech3 optou por dar folga a Iker Lecuona, porque a KTM sentia que o piloto não tinha experiência suficiente para colaborar com o trabalho de desenvolvimento. A montadora austríaca agora está proibida de fazer testes durante a temporada com os pilotos após perder suas concessões.

Leia também:

Dividido em duas sessões, foi a KTM de Pol Espargaró que liderou a manhã com 01min32s054s. O espanhol tinha um novo chassi para testar, além de outras novidades. Esse tempo foi o melhor do dia até próximo do fim da sessão da tarde.

Viñales, com 15 minutos para o fim do dia, marcou 01min31s532 pouco depois de uma queda na Curva 6. A Yamaha foi a que mais trouxe atualizações, com a equipe oficial apresentando um novo exaustor longo para Viñales e Valentino Rossi, visando melhorar a pilotagem e a potência.

Os pilotos da Yamaha oficial também testaram um novo chassi, mas não sentiram muitas melhorias com ele.

Em segundo, a 0s271 de Viñales, ficou Takaaki Nakagami, da Honda LCR. O piloto japonês, que bateu no período da manhã, teve a chance de testar pela primeira vez a moto de 2020 da montadora, além de um programa com o modelo de 2019, visando ter uma performance melhor na prova deste domingo.

Johann Zarco completou o Top 3 com a Avintia Ducati, em um dia marcado por um incidente bizarro no fim do pit lane com pouco mais de uma hora para o fim da sessão. O piloto francês conseguiu danificar a frente de sua moto. Além dele, seu companheiro, Tito Rabat, teve um problema com o motor, causando uma breve bandeira vermelha.

A categoria segue na Itália para mais uma corrida em Misano neste fim de semana, o GP da Emilia Romagna.

Confira a classificação do teste da MotoGP em Misano:

 Pos  Piloto Moto  Melhor Volta  Diferença  Voltas
Maverick Viales Yamaha 1'31.532   45
Takaaki Nakagami Honda 1'31.803 0.271 31
Johann Zarco Ducati 1'31.899 0.367 39
Alex Rins Suzuki 1'32.114 0.582 33
Joan Mir Suzuki 1'32.162 0.630 20
Pol Espargaro KTM 1'32.255 0.723 31
Fabio Quartararo Yamaha 1'32.336 0.804 56
Brad Binder KTM 1'32.453 0.921 42
Alex Maquez Honda 1'32.480 0.948 41
10  Jack Miller Ducati 1'32.510 0.978 23
11  Miguel Oliveira KTM 1'32.565 1.033 14
12  Bradley Smith Aprilia 1'32.590 1.058 48
13  Aleix Espargaro Aprilia 1'32.650 1.118 35
14  Danilo Petrucci Ducati 1'32.679 1.147 44
15  Valentino Rossi Yamaha 1'32.946 1.414 43
16  Tito Rabat Ducati 1'33.306 1.774 34

VÍDEO: Entenda como quebras da Honda deixam Verstappen tenso na Red Bull

PODCAST: Motorsport.com debate a crise sem fim da Ferrari na temporada 2020 da F1

 

Lorenzo revela que retorno à MotoGP em 2021 com Ducati quase aconteceu, mas diz que "carreira chegou ao fim"

Artigo anterior

Lorenzo revela que retorno à MotoGP em 2021 com Ducati quase aconteceu, mas diz que "carreira chegou ao fim"

Próximo artigo

MotoGP: Dovizioso afirma que falta consistência para conquistar título de 2020

MotoGP: Dovizioso afirma que falta consistência para conquistar título de 2020
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Autor Lewis Duncan