MotoGP - Yamaha detona tática "injusta" de Márquez na classificação: "Está se comportando como antes"

No Q1, Márquez fez o melhor tempo da sessão ao fazer a volta colado em Viñales, enquanto o piloto da Yamaha foi eliminado, saindo em 13º no domingo

MotoGP - Yamaha detona tática "injusta" de Márquez na classificação: "Está se comportando como antes"

O chefe da Yamaha na MotoGP, Massimo Meregalli, detonou a tática usada por Marc Márquez no Q1 da classificação em Mugello contra Maverick Viñales, afirmando que a atitude do hexacampeão foi "injusta" e que torce por uma intervenção da direção de prova.

Na segunda saída do Q1, o piloto da Honda seguiu Viñales de perto, algo que enfureceu o espanhol, fazendo com que o piloto da Yamaha abortasse uma volta de saída através do pitlane para tentar se livrar de Márquez, o que não deu certo.

Leia também:

Necessitando de uma boa volta para passar ao Q2, Viñales não teve outra possibilidade a não ser dar o seu melhor com Márquez em sua cola. No final, o piloto da Honda fez o melhor tempo do Q1 andando atrás da Yamaha.

Em sua última tentativa, Viñales parecia a caminho da segunda vaga no Q2, mas um erro no último setor fez com que ele garantisse apenas a 13ª posição.

Perguntado sobre o que havia acontecido no Q1, logo após Fabio Quartararo garantir a pole em Mugello, Meregalli disse à motogp.com: "Infelizmente, do outro lado da garagem... parece que Marc Márquez está melhorando. Ele começa a se comportar como antigamente".

"E ele fez algo que realmente não deveria fazer. Não vou dizer tudo o que gostaria de dizer. Espero que a direção de prova tome alguma atitude porque, para mim, seu comportamento foi injusto".

Maverick Vinales, Yamaha Factory Racing

Maverick Vinales, Yamaha Factory Racing

Photo by: Gold and Goose / Motorsport Images

Essa não é a primeira vez no ano que Márquez sofre críticas de seus companheiros por uso de táticas similares, com Joan Mir dizendo que sua atitude durante o fim de semana em Portugal foi "perigosa".

Comentando sobre a quarta pole consecutiva de Quartararo, Meregalli notou a importância de sair na primeira fila agora que a Yamaha tem o seu próprio holeshot, mas espera uma corrida "realmente difícil".

"Fabio vem fazendo um super trabalho e agora acho que o resultado da corrida dependerá de outras coisas. Talvez o gerenciamento de pneus, temperatura, condições em geral".

"Mas, por agora, começar na primeira fila é muito importante, ainda mais com o novo dispositivo de largada, que deve trazer mais uma ajuda para nós. Certamente desse lado da garagem tudo funcionou direito no final de semana".

"E a degradação dos pneus vêm melhorando sessão a sessão. Mas espero uma corrida muito difícil e dura para todos amanhã. Teremos vários pilotos lutando pela vitória".

CONHEÇA a SAGA da roda de BOTTAS que causou MAIOR 'pit stop' da HISTÓRIA da F1 e envolveu FERRARI

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: O que a liderança inédita de Verstappen representa na F1?

 

compartilhar
comentários
MotoGP: Quartararo domina e faz a pole para o GP da Itália, quarta consecutiva em 2021

Artigo anterior

MotoGP: Quartararo domina e faz a pole para o GP da Itália, quarta consecutiva em 2021

Próximo artigo

MotoGP: Morbidelli considera operar joelho após fim da temporada

MotoGP: Morbidelli considera operar joelho após fim da temporada
Carregar comentários