Para evitar bate-boca, MotoGP cancela coletiva em Valência

Entrevista coletiva pré-GP de Valência é cancelada após todos pilotos serem convocados pelo Conselho Permanente da FIM (Federação Internacional de Motociclismo) para discutir polêmicas do GP da Malásia

Para evitar bate-boca, MotoGP cancela coletiva em Valência
Marc Marquez, Repsol Honda Team and Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing e Marc Marquez, Repsol Honda Team
Marc Marquez, Repsol Honda Team
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing e Marc Marquez, Repsol Honda Team
Marc Marquez, Repsol Honda Team e Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Marc Marquez, Repsol Honda Team e Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Carregar reprodutor de áudio

A programação do GP de Valência, etapa decisiva da temporada 2015 da MotoGP, sofreu uma pequena alteração e a coletiva de imprensa que sempre acontece às quintas-feiras que antecedem o início dos treinos livres foi cancelada.

 

O evento foi cancelado devido à convocação de todos os pilotos e chefes de equipe para uma reunião com o Conselho Permanente da FIM (Federação Internacional de Motociclismo), formado pelo presidente da Federação, Vito Ippolito, e o CEO da Dorna, Carmelo Ezpeleta, para conversar sobre os eventos do GP da Malásia, em que houve a polêmica batida entre Valentino Rossi e Marc Marquez.

Após o incidente, Rossi chegou aos quatro pontos na licença e, como prevê o regulamento, deve largar em último na prova em Valência. O italiano, entretanto, apelou junto ao Tribunal Arbitral do Esporte para tentar reduzir ou cancelar a punição. A entidade anunciará o veredito antes do dia 6 de novembro, dia em que começam os treinos livres da etapa decisiva da temporada 2015.

compartilhar
comentários
Yamaha recusa versão da Honda e desmente chute de Rossi
Artigo anterior

Yamaha recusa versão da Honda e desmente chute de Rossi

Próximo artigo

Jornalistas italianos rebatem Marquez e alegam agressão

Jornalistas italianos rebatem Marquez e alegam agressão