MotoGP
18 out
-
20 out
Evento encerrado
25 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
15 nov
-
17 nov
Evento encerrado

Petrucci diz que fará tudo para ajudar Dovizioso a ser campeão da MotoGP

compartilhar
comentários
Petrucci diz que fará tudo para ajudar Dovizioso a ser campeão da MotoGP
Por:
3 de jun de 2019 12:50

O piloto da Ducati diz que fará tudo o que puder para ajudar o companheiro agora que atingiu sua grande meta da temporada

Danilo Petrucci bateu o companheiro Andrea Dovizioso e o rival Marc Márquez em uma batalha a três no GP da Itália, fazendo um movimento decisivo na última volta para passar os dois rivais. Após a prova, o piloto da Ducati disse estar pronto para se comprometer totalmente em ajudar Dovizioso a conquistar o título, agora que ele atingiu o que considerava ser seu alvo primário para 2019, a primeira vitória na MotoGP.

Leia também:

A tentativa de ultrapassagem comprometeu Dovizioso, forçando o italiano a terminar atrás de Márquez, o que custou a ele alguns pontos na disputa pelo campeonato. Petrucci reconheceu, após a corrida, que se arrependia de ter prejudicado a prova do companheiro.

“Como dissemos desde o início da temporada, nós temos objetivos bem diferentes”, disse Petrucci sobre si mesmo e seu companheiro. “O meu era vencer pela primeira vez, e então nós precisamos alcançar o alvo de Andrea. E eu vou tentar de tudo para focar nessa meta”.

“Sinto muito por isso, acho que tanto Marc quanto Andrea poderiam ter vencido hoje, mas você sabe, corridas são sempre no limite. E esta era minha vez. Eu acho que tive uma grande oportunidade”.

“Da próxima vez vou pensar sobre o campeonato. Nós somos, creio eu, o melhor time na MotoGP, os pontos estão dizendo isso, então nós podemos trabalhar juntos para sermos os melhores no final da temporada”.

O resultado em Mugello deixa Dovizioso 12 pontos atrás de Marquez na tabela, com Petrucci em quarto, 21 pontos atrás do companheiro.

A Honda leva agora seis pontos de vantagem sobre a Ducati no campeonato de construtores, que só considera os pontos marcados pelo piloto mais bem colocado, mas o time italiano leva uma vantagem considerável na “tabela de equipes”

Petrucci não atacou quando disputou posição com Dovizioso na prova de Le Mans, mas disse que a Ducatti não deu ordens para evitar batalhas com seu companheiro.

“No começo da temporada, nós tivemos uma reunião e eles disseram que eu precisava vencer, mas com certeza sem fazer algo estranho com o Andrea”.

“Do meu ponto de vista, havia espaço na primeira curva, e eu fiz meu melhor, mas durante a corrida eu fiz muitas, muitas manobras como aquela. Mas dessa vez não houve reunião, eles apenas me disseram para tentar vencer a corrida”.

Próximo artigo
Lorenzo vai para fábrica da Honda no Japão para adiantar adaptação

Artigo anterior

Lorenzo vai para fábrica da Honda no Japão para adiantar adaptação

Próximo artigo

Rins: Eu tinha ritmo para vencer o GP da Itália, mas retas dificultaram

Rins: Eu tinha ritmo para vencer o GP da Itália, mas retas dificultaram
Carregar comentários