Pilotos da MotoGP dizem não querer correr à noite com chuva

Após inspeção, FIM aprova corrida no Catar com chuva, mas pilotos ainda temem reflexo da luzes

Pilotos da MotoGP dizem não querer correr à noite com chuva
Aleix Espargaro, Team Suzuki Ecstar MotoGP
Andrea Iannone, Ducati Team, Ducati
Jorge Lorenzo, Movistar Yamaha MotoGP, Yamaha
Jorge Lorenzo, Movistar Yamaha MotoGP, Yamaha
Marc Marquez, Repsol Honda Team, Honda
Start of the race
Carregar reprodutor de áudio

Com a possibilidade de que a corrida de abertura do mundial, no Catar, seja disputada mesmo sob chuva, alguns pilotos como Maverick Viñales, Pol Espargaró e Álvaro Bautista mostraram seu ceticismo quando perguntados sobre isso durante o último teste coletivo em Phillip Island.

"O que temos a fazer é ir lá e tentar, porque realmente nunca corremos na chuva e à noite. O problema será como a luz é refletida no chão", disse Maverick Viñales.

"Eu não vejo muito viável. A verdade é que quando você anda na rua com uma moto, o reflexo da chuva fica no centro das suas atenções. Eu não vejo isso muito positivo, mas até tentarmos não vamos saber. Melhor que não chova, assim todo mundo fica feliz", disse Bautista.

"No final, tem que ser uma decisão em consenso entre os pilotos, não gente aleatória. Não sei por que eles não nos consultaram. Quando chegarmos lá, vamos discutir isso na comissão de segurança na sexta-feira", acrescentou Pol Espargaró.

"Se chover, ele vamos ver como isso afetará a luz. Até agora, eu acho que eles só fizeram Uncini e Capirossi andar e com pouca chuva - ou apenas a pista molhada. Não é o mesmo, por causa da diferença de temperatura", disse Ramon Forcada, chefe de mecânicos de Viñales.

compartilhar
comentários
Márquez desloca ombro em treino privado em Jerez
Artigo anterior

Márquez desloca ombro em treino privado em Jerez

Próximo artigo

Lorenzo vê “outro Márquez” mais “faminto” em Viñales

Lorenzo vê “outro Márquez” mais “faminto” em Viñales