MotoGP
R
GP do Catar
05 mar
-
08 mar
Próximo evento em
39 dias
R
GP da Tailândia
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
53 dias
R
GP das Américas
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
67 dias
R
GP da Argentina
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
81 dias
R
GP da Espanha
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
95 dias
R
GP da França
14 mai
-
17 mai
Próximo evento em
109 dias
R
GP da Itália
28 mai
-
31 mai
Próximo evento em
123 dias
R
GP da Catalunha
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
130 dias
R
GP da Alemanha
18 jun
-
21 jun
Próximo evento em
144 dias
R
GP da Holanda
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
151 dias
R
GP da Finlândia
09 jul
-
12 jul
Próximo evento em
165 dias
R
GP da República Tcheca
06 ago
-
09 ago
Próximo evento em
193 dias
R
GP da Áustria
13 ago
-
16 ago
Próximo evento em
200 dias
R
GP da Grã-Bretanha
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
214 dias
R
GP de San Marino
10 set
-
13 set
Próximo evento em
228 dias
R
GP de Aragón
01 out
-
04 out
Próximo evento em
249 dias
R
GP do Japão
15 out
-
18 out
Próximo evento em
263 dias
R
GP da Austrália
23 out
-
25 out
Próximo evento em
271 dias
R
GP da Malásia
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
277 dias
R
GP de Valência
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
291 dias

Pole, Dovizioso brinca: “pensei que tempos estavam errados”

compartilhar
comentários
Pole, Dovizioso brinca: “pensei que tempos estavam errados”
4 de ago de 2018 16:18

Piloto da Ducati anota sua primeira pole position desde o GP da Malásia de 2016, mas se preocupa: “não sei se podemos realmente lutar pela vitória”

Fazia muito tempo que Andrea Dovizioso não saia de uma pole position em sua carreira. E o fim do hiato de um ano e maio veio em um bom momento para ele. Depois de uma primeira metade de campeonato complicada, o italiano retorna à posição de honra após uma grande volta neste sábado (4).

Foi a sexta pole na carreira de Dovizioso, que se confessou surpreso com sua forma na República Tcheca. Tão surpreso que até duvidou que seu painel estivesse funcionando bem.

“Estou muito feliz, realmente feliz”, confessou o italiano.

“Eu me sentia bem, mas não achava que estava tão bem. Na última volta eu senti um bom suporte da moto, consegui frear bem forte. A moto respondeu de uma maneira perfeita.”

“Durante a volta eu comecei a pensar que as parciais estavam erradas, porque o tempo de volta estava sendo rápido demais. Isso às vezes acontece.”

“Mas estou muito feliz com isso. Foi importante começar os treinos com uma boa velocidade para conseguir trabalhar para a corrida.”

Entretanto, Dovi não é tão otimista com relação ao ritmo de prova de sua Desmosedici GP 18.

“Quanto à corrida, eu não sei se podemos realmente lutar pela vitória, mas a sensação é boa. Agradeço à Ducati.”

Próximo artigo
Márquez lamenta perda da pole, mas crê em melhora na prova

Artigo anterior

Márquez lamenta perda da pole, mas crê em melhora na prova

Próximo artigo

Viñales entra em guerra interna com engenheiro chefe

Viñales entra em guerra interna com engenheiro chefe
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da República Tcheca