Por segurança, MotoGP altera curva para GP no Red Bull Ring

Curva 10 do circuito em Spielberg, na Áustria, ficou mais estreita para diminuir possibilidade de saída e batida na barreira

Por segurança, MotoGP altera curva para GP no Red Bull Ring

Organizadores da MotoGP alteraram a última curva do Red Bull Ring por razões de segurança para o GP da Áustria que será realizado nesse próximo final de semana no circuito de Spielberg. Será a primeira desde 1997 que a prova será disputada no local.    

Após os dois dias de testes de familiarização com a pista realizados no mês passado, a organização decidiu que a curva 10, última do traçado e batizada de Red Bull Mobile, necessitava de alterações por conta da segurança.   

Para reduzir as chances de algum acidente mais sério, a curva foi estreitada de 13 para 10 metros, diminuindo assim a velocidade de saída de curva e a distância entre os pilotos na parte de fora. 

Tal medida levará a uma perda de tempo de volta em comparação com os tempos registrados nos testes, quando a volta mais rápida foi assinalada pela Ducati de Andrea Iannone, com 1min23s240 no segundo dia de testes. 

O atual campeão da MotoGP, Jorge Lorenzo, estava entre os pilotos que acharam que a pista estava insegura após testá-la pela primeira vez no mês passado. 

"Com certeza, não é a pista mais segura do campeonato. Na última curva, por exemplo, se você sair muito por fora você pode atingir a parede", disse ele à época.

Lorenzo postou uma foto no Twitter em que é possível ver como ficou a última curva do Red Bull Ring após a alteração:

 
compartilhar
comentários
Pol Espargaró: “você não pode vencer como piloto satélite”
Artigo anterior

Pol Espargaró: “você não pode vencer como piloto satélite”

Próximo artigo

MotoGP estende contrato com Sachsenring até 2021

MotoGP estende contrato com Sachsenring até 2021
Carregar comentários