Rossi recebe autorização para competir no GP da Itália

Italiano é liberado para disputar rodada de Mugello após ter sofrido acidente de motocross no fim de maio

Rossi recebe autorização para competir no GP da Itália
Carregar reprodutor de áudio

Valentino Rossi foi declarado em forma para poder participar do GP da Itália da MotoGP, em Mugello, depois de passar por exames devido ao acidente que sofreu na última semana.

O heptacampeão da primeira divisão da categoria sofreu lesões no peito e abdômen no dia 25 de maio, quando caiu de motocross durante um treino. Ele passou uma noite no hospital e recebeu alta, mas chegou a Mugello ainda com “dores severas”.

Contudo, a equipe Yamaha emitiu comunicado confirmando que Rossi está apto a pilotar em Mugello, já que o italiano passou por exames médicos na pista.

“Os fãs do VR46 de todo o mundo podem respirar aliviados, sabendo que o diretor médico da FIM, Giancarlo di Filippo, o chefe médico do circuito de Mugello, Remo Barbagli, e o diretor médico da MotoGP, Angel Charte, consideraram que Rossi está em condições para participar de seu GP de casa, a começar pelos primeiros treinos livres”, declarou.  

Rossi foi liberado das coletivas de imprensa oficiais na tentativa de descansar o máximo possível antes das primeiras atividades em pista.

O veterano, de 38 anos, está 23 pontos atrás de seu companheiro de equipe, Maverick Viñales, na tabela de pilotos, tendo sofrido um acidente na última volta da etapa mais recente da MotoGP, em Le Mans. 

compartilhar
comentários
10 anos: Barros lembra último pódio brasileiro na MotoGP
Artigo anterior

10 anos: Barros lembra último pódio brasileiro na MotoGP

Próximo artigo

Dovizioso insiste em limitar TL3 para definir quem vai ao Q2

Dovizioso insiste em limitar TL3 para definir quem vai ao Q2