MotoGP
28 jun
-
30 jun
Evento encerrado
05 jul
-
07 jul
Evento encerrado
02 ago
-
04 ago
Evento encerrado
09 ago
-
11 ago
Evento encerrado
23 ago
-
25 ago
Evento encerrado
R
GP de San Marino
13 set
-
15 set
Próximo evento em
19 dias
R
GP de Aragón
20 set
-
22 set
Próximo evento em
26 dias
R
GP da Tailândia
04 out
-
06 out
Próximo evento em
40 dias
R
GP do Japão
18 out
-
20 out
Próximo evento em
54 dias
R
GP da Austrália
25 out
-
27 out
Próximo evento em
61 dias
R
GP da Malásia
01 nov
-
03 nov
Próximo evento em
68 dias
R
GP de Valência
15 nov
-
17 nov
Próximo evento em
82 dias

Viñales: “Quando cruzei a linha, só tinha lágrimas no rosto”

compartilhar
comentários
Viñales: “Quando cruzei a linha, só tinha lágrimas no rosto”
28 de out de 2018 07:16

Piloto espanhol acaba com hiato da Yamaha na MotoGP e desabafa: “queria lembrar todos que torcem tanto para mim e me apoiam que vocês me deram a motivação nestes tempos”

A Yamaha finalmente voltou a vencer. Depois de 25 corridas sem saber o que era estar no lugar mais alto do pódio do Mundial de Motovelocidade, o time desencantou finalmente com Maverick Viñales no GP da Austrália deste domingo (28) em Phillip Island.

O recorde negativo chegou a seu final com uma grande performance do piloto da moto 25, que despachou a concorrência no meio da prova e apenas administrou sua vantagem no final, apesar da súbita melhora de desempenho de Andrea Iannone nas voltas finais.

Depois da prova, Viñales confessou a emoção ao cruzar a linha de chegada na frente após uma temporada tão complicada.

“Estou me sentindo incrível”, resumiu.

“Honestamente, tem sido um ano muito difícil para mim. Eu não conseguia acreditar que venci, sabe?”

“A moto estava perfeita hoje, eu só dei o meu melhor. Eu tenho que agradecer muito à equipe, porque eles trabalharam de maneira incrível neste final de semana. Eles me deram uma moto para vencer e este era o alvo.”

“Com certeza quando cruzei a linha de chegada tinha apenas lágrimas no meu rosto.”

Desabafando, o piloto aproveitou para mandar um recado a seus fãs que não deixaram de mandar energias positivas mesmo durante sua fase difícil.

“Eu só queria lembrar todos que estão em casa, que torcem tanto para mim e me apoiam, que vocês me deram uma motivação extra nos momentos difíceis. Foi incrível. Vencer na Austrália – um lugar que eu amo estar.”

Sem controlar a empolgação, o espanhol disse que passará a noite festejando: “enfim, não sei se pegarei meu voo hoje à noite (para a Malásia)”.

Próximo artigo
Dovi crê que receita para pódio foi poupar pneu traseiro

Artigo anterior

Dovi crê que receita para pódio foi poupar pneu traseiro

Próximo artigo

LCR anuncia Bradl para lugar de Crutchlow na Malásia

LCR anuncia Bradl para lugar de Crutchlow na Malásia
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da Austrália