MotoGP
15 out
Evento encerrado
18 out
Evento encerrado
25 out
Evento encerrado
R
GP da Austrália
23 out
Canceled
08 nov
Evento encerrado
22 nov
Evento encerrado

Zerado, Rossi lamenta abandono: "Era uma corrida perfeita"

compartilhar
comentários
Zerado, Rossi lamenta abandono: "Era uma corrida perfeita"
Por:
Traduzido por: Gabriel Carvalho

Valentino Rossi reconhece erros na última volta do GP da França, mas ainda procura origem da queda a cinco curvas do fim da prova

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing, Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing

Valentino Rossi vinha em um final de semana bastante positivo em Le Mans, conseguindo a melhor posição de largada na temporada 2017 da MotoGP ao partir do segundo posto do grid. Na corrida, a estratégia parecia correr bem e o italiano seguia Maverick Viñales e Johann Zarco de perto.

Nas voltas finais, Rossi partiu para o ataque. Primeiro, foi Zarco quem ficou para trás. Na penúltima volta, o italiano foi para cima de Viñales e superou o companheiro de equipe, assumindo a liderança da prova. 

O que parecia uma vitória certa foi para o espaço na última volta. Rossi errou na Garage Vert e Viñales reassumiu a ponta. Na ânsia de recuperar o posto e ser o responsável pela vitória de número 500 da Yamaha no Mundial de Motovelocidade, Rossi errou e caiu na curva 11, abandonando a prova.

Após a corrida, o italiano não escondeu a decepção por sair zerado da França - Rossi caiu para terceiro na classificação do campeonato, atrás de Viñales e Dani Pedrosa.

“Cometi um erro na última volta, então Maverick me ultrapassou. No entanto, sabia que teria outra chance, pois estávamos próximos", disse.

“Tentei seguir perto dele, pois no quarto setor eu estava muito bem. Não entendi o que aconteceu na queda, pois normalmente você precisa prestar atenção na dianteira, mas perdi a traseira. De qualquer forma, sou daqueles que pensa que quando você cai, algo de errado você fez e foi isso que aconteceu. É uma pena voltar para casa zerado", reconheceu.

Ao falar sobre o erro na Garage Vert, Rossi disse: "Talvez eu tenha chegado 1 km/h mais veloz do que deveria. Foi o suficiente para eu perder a moto na freada e alargar a trajetória. Um grande erro, porque o outro (a queda) foi consequência do primeiro."

“Sobre a queda, vamos checar todos os dados. Eu me sentia forte no último setor e não senti nada muito errado, mas perdi a traseira. Algo aconteceu, sem dúvida, cometi algum erro que me levou ao chão", ponderou.

Rossi admitiu que o abandono foi particularmente complicado de assimilar porque ele sentiu que ficou a algumas curvas de vencer pela primeira vez em 2017.

“Hoje eu estou chateado, era uma corrida. Claro que teria sido difícil superar Maverick, mas eu estava forte no setor final. Estava a cinco curvas da vitória e cometi um erro no momento mais importante", completou.

Reportagem adicional por William Zinck

"Lutaria para passar Rossi na última curva", diz Viñales

Artigo anterior

"Lutaria para passar Rossi na última curva", diz Viñales

Próximo artigo

Grande strike na Moto3 e queda de Rossi; o domingo na França

Grande strike na Moto3 e queda de Rossi; o domingo na França
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da França
Localização Le Mans Circuit Bugatti
Pilotos Valentino Rossi
Equipes Movistar Yamaha MotoGP
Autor Valentin Khorounzhiy