VÍDEO: Fogo e fortes batidas marcam prova da NASCAR em Indy

Prova de 400 milhas teve três bandeiras vermelhas e recorde de amarelas, com grandes nomes da categoria ficando pelo caminho, após acidentes impactantes

VÍDEO: Fogo e fortes batidas marcam prova da NASCAR em Indy

A etapa da NASCAR em Indianápolis de 2017 será inesquecível para fãs, pilotos e equipes. Foram mais de seis horas entre a bandeira verde e a quadriculada, que teve que ser exibida com a amarela, quando Denny Hamlin bateu e trouxe a 14ª paralisação da prova, quebrando recorde negativo.

A prova também teve três bandeiras vermelhas, sendo que a primeira foi ocasionada por raios e chuva que assolaram o Indianapolis Motor Speedway. Quase duas horas depois, os carros voltaram para uma sequência incrível de acidentes.

Os líderes, Martin Truex Jr. e Kyle Busch se tocaram na curva 1 após relargada e o carro #78 acabou em chamas (1min10s do vídeo).

A segunda bandeira vermelha veio após o forte acidente envolvendo Clint Bowyer, Kurt Busch e Erik Jones, na reta principal do oval (1min32s).

Outro carro que ficou em chamas foi o de Kyle Larson, após batida no muro (1min45s). A última bandeira vermelha veio após o Big One na reta de largada/chegada (2min19s).

Kasey Kahne sobreviveu a tudo isso e voltou a vencer na NASCAR após quase três anos.

Confira o resumo da prova de Indianápolis

 

 

compartilhar
comentários
Após duas prorrogações, Kahne vence prova caótica em Indy

Artigo anterior

Após duas prorrogações, Kahne vence prova caótica em Indy

Próximo artigo

Keselowski renova com Penske e encerra novela

Keselowski renova com Penske e encerra novela
Carregar comentários