2º, Gomes diz que aceitará ordem de equipe para ajudar Fraga

Atual campeão enaltece pole position de Barrichello e diz que não sairia de 1º nem se fizesse “volta mais perfeita do mundo”

2º, Gomes diz que aceitará ordem de equipe para ajudar Fraga
Cimed Racing
Marcos Gomes
Marcos Gomes em Goiânia
Marcos Gomes em Londrina
Carregar reprodutor de áudio

Marcos Gomes era o pole position até a última parte do treino classificatório da Stock Car neste sábado (5), mas uma grande volta feita por Rubens Barrichello o desalojou da primeira posição por mais de 0s2.

Marquinhos disse ao Motorsport.com que se assustou com a distância de Barrichello no treino, mas acredita que terá um ritmo de prova melhor neste domingo.

“Se tratando de Stock Car, é um tempo bem grande”, falou Gomes.

“Uma grande distância. Não me lembro de uma diferença assim em nenhuma classificação neste ano. Ele fez uma grande volta e a Full Time acertou o carro dele muito bem. “

“Mas estamos bem. Vamos sair da primeira fila. Este tempo do Rubinho nós não conseguiríamos virar nem se fizéssemos a volta mais perfeita do mundo.”

“Nossa estratégia é ir para cima dele. Vamos tentar superá-lo, mas sempre tomando muito cuidado com o (Felipe) Fraga. Não tenho praticamente chances no campeonato, nossa distância é muito grande. Vou tentar ajudá-lo.”

Gomes confirmou que aceitará ordens de equipe para ajudar Fraga. “Provavelmente vai ter ajuda sim. Ele me ajudou no ano passado e neste ano vou tentar retribuir esta ajuda para ele conquistar este título o quanto antes.”

compartilhar
comentários
Pole, Barrichello promete atacar desde a 1ª volta
Artigo anterior

Pole, Barrichello promete atacar desde a 1ª volta

Próximo artigo

“Apesar da idade, Rubinho ainda é rápido”, ri Fraga

“Apesar da idade, Rubinho ainda é rápido”, ri Fraga
Carregar comentários