Valdeno Brito celebra vitória “mais difícil da carreira”

Pole position na corrida 1, paraibano vence corrida 2 mesmo com danos na parte traseira de seu carro.

Valdeno Brito celebra vitória “mais difícil da carreira”
Valdeno Brito
Valdeno Brito
Valdeno Brito
Valdeno Brito
Carregar reprodutor de áudio

Depois de não segurar a primeira posição na corrida 1 após sofrer um toque ainda na primeira volta, Valdeno Brito se utilizou de uma grande manobra na corrida 2 para ultrapassar Daniel Serra e Gabriel Casagrande na primeira curva, assumir a liderança e não mais sair.

Para o piloto da Shell, sua sétima vitória na Stock Car foi de longe a mais complicada. “Pedi hoje cedo essa vitória para Deus”, falou ao Motorsport.com.

“Não veio na primeira e pensei: 'não vai dar'. E deu. Foi a corrida mais difícil da minha carreira.”

“Eu não tinha push, só tinha dois depois da primeira prova. Realmente foi a corrida que menos imaginei que poderia ganhar. O carro estava com problema, sem o extrator traseiro desde a primeira volta da corrida 1.”

Valdeno disse que com o dano na parte de trás perdeu muita da eficiência aerodinâmica. “Sem isso o carro perde totalmente a aderência atrás e se torna praticamente inguiável.”

“Demos tudo o que tinha para dar de asa e abaixamos a calibragem do pneu traseiro para minimizar, mas ainda assim o carro continuava sem downforce. Passar na primeira curva para vencer a prova era uma das últimas coisas que eu imaginava.”

“Não sei se vai ter outra igual a essa porque, andar com o carro avariado e conseguir segurar o Cacá com push e com o carro inteiro é para comemorar.”

compartilhar
comentários
Fogo de chão e cerveja: gaúchos assistem Stock Car “de casa”
Artigo anterior

Fogo de chão e cerveja: gaúchos assistem Stock Car “de casa”

Próximo artigo

Vitorioso, Marcos Gomes comemora: “não poderia ter sido melhor”

Vitorioso, Marcos Gomes comemora: “não poderia ter sido melhor”