Após estreia, Nelsinho valoriza aprendizado em Silverstone

Apesar de terminar atrás de companheiros de equipe, brasileiro destaca superação de dificuldades e experiência adquirida em estreia no Mundial de Endurance com a Rebellion

Após estreia, Nelsinho valoriza aprendizado em Silverstone

As 6 horas de Silverstone, prova de abertura da temporada 2016 do Mundial de Endurance, marcaram a estreia de Nelsinho Piquet na categoria - com a Rebellion, ao lado dos rivais de Fórmula E Nicolas Prost e Nick Heidfeld.

Após largar em último entre os protótipos, o #12 se recuperou na prova e, mesmo com alguns contratempos, terminou em quarto na classificação geral e segundo entre as equipes privadas da LMP1, sendo superado pelos companheiros de equipe, Alexandre Imperatori, Mathéo Tuscher e Dominik Kraihamer, que pilotam o #13.

Após a estreia, Piquet se mostrou satisfeito com o aprendizado adquirido em Silverstone. “Não foi fácil no começo, descobrindo tudo desde o início, da largada para o ‘triple stint’. Andei cerca de duas horas e meia e foi muito bom para sentir o carro e pegar mais experiência", disse.

"Terminamos em segundo na nossa corrida particular contra o #13. Tivemos alguns probleminhas de corrida, como um pneu furado que nos obrigou a fazer uma parada extra. Mas no fim do dia foi uma jornada muito produtiva para nos prepararmos para Le Mans e para o resto da temporada do WEC”, afirmou.

Agora, o brasileiro muda o foco para a Fórmula E. No próximo sábado, Piquet disputa o ePrix de Paris - uma das novidades da categoria neste ano - sétima etapa da segunda temporada do campeonato de carros elétricos.

compartilhar
comentários
Audi vence em Silverstone; na LMP2, Senna e Derani fazem 1-2
Artigo anterior

Audi vence em Silverstone; na LMP2, Senna e Derani fazem 1-2

Próximo artigo

Vitorioso na LMP2, Senna destaca "estratégia perfeita"

Vitorioso na LMP2, Senna destaca "estratégia perfeita"
Carregar comentários