Motorista que atropelou Hayden é condenado a prisão

compartilhar
comentários
Motorista que atropelou Hayden é condenado a prisão
Por:

Italiano de 31 anos, que em maio de 2017 matou campeão de 2006 da MotoGP, é condenado a um ano de reclusão com pena suspensa

O motorista que atropelou o norte-americano Nicky Hayden em maio do último ano foi condenado a um ano de prisão com pena suspensa, além do pagamento de despesas do processo e a retirada de sua carteira de habilitação. O juiz, Vinicio Canatarini, reduziu a pena do jovem por homicídio de estrada, tirando assim 90 dias.

O promotor, Paolo Gengarelli, havia pedido 1 ano e 2 meses de prisão após verificações que indicavam que o motorista ia 70 km/h em um trecho da estrada onde o limite era 50 km/h.

Segundo o especialista do Ministério Público, se o carro estivesse respeitando os 50 km/h na via, "o acidente teria sido evitado por completo."

Do outro lado, a perícia feita pelos advogados do motorista de 31 anos apurou que Hayden não havia respeitado a ordem de parar no cruzamento na estrada, situada ao lado do circuito de Misano, e procedeu a uma velocidade de 20 km/h, com, provavelmente, fones de ouvido com música alta. Segundo esta reconstrução, haveria apenas 30% de responsabilidade por parte do motorista no acidente.

A família de Nicky Hayden não estava presente no julgamento criminal, mas há alguns meses pediu uma indenização de 6 milhões de euros pela morte do norte-americano.

Família de Hayden pede 6 milhões de euros a motorista

Artigo anterior

Família de Hayden pede 6 milhões de euros a motorista

Próximo artigo

Rea: Posso fazer melhor do que Crutchlow na MotoGP

Rea: Posso fazer melhor do que Crutchlow na MotoGP
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria World Superbike
Pilotos Nicky Hayden
Equipes Pata Honda
Autor Giacomo Rauli