F1: Hamilton e Mercedes lançam, em conjunto, instituição de caridade para diversidade no esporte

Heptacampeão e sua escuderia trabalharão com jovens de condições pouco representadas e bancarão custos

F1: Hamilton e Mercedes lançam, em conjunto, instituição de caridade para diversidade no esporte

Lewis HamiltonMercedes anunciaram o lançamento de sua instituição de caridade conjunta para ajudar a apoiar uma maior diversidade no automobilismo. Trabalhada por vários meses e surgindo no rastro de comissão do britânico, a iniciativa Ignite trabalhará no sentido de ajudar a garantir que haja uma gama muito mais ampla de talentos entrando na indústria do esporte a motor.

O financiamento para a instituição de caridade virá do piloto e da equipe e trabalhará em estreita colaboração com a fundação pessoal do heptacampeão, a Mission 44, que recebeu uma doação do próprio de de £20 milhões (cerca de R$ 142 milhões).

Leia também:

Falando sobre a iniciativa, Hamilton disse: "A Mercedes há muito tempo apoia minha ambição de melhorar a diversidade e inclusão no automobilismo. Eu vivi como é sair de uma condição pouco representada e consegui o sucesso com oportunidades e apoio. Quero garantir que outros jovens sejam capazes de fazer o mesmo."

"Estou tão entusiasmado que, por meio do Ignite, podemos trabalhar formalmente juntos para alcançar esse objetivo. Diversas forças de trabalho não são apenas mais bem-sucedidas, mas também a abordagem moralmente correta para qualquer setor."

"As descobertas da Hamilton Comission nos forneceram uma base fantástica para começar nosso trabalho e estou confiante de que o programa resultará em mudanças reais e tangíveis. Por 15 anos, fui um dos poucos funcionários negros da Fórmula 1 e estou orgulhoso de que meu trabalho com a minha equipe vai mudar isso para melhor."

Lewis Hamilton, Mercedes W12

Lewis Hamilton, Mercedes W12

Photo by: Charles Coates / Motorsport Images

O chefe da escuderia alemã, Toto Wolff, acrescentou: "Estou muito feliz por podermos finalmente falar sobre nossos planos para a iniciativa Ignite. Desde que anunciamos nossa intenção com Lewis no início do ano de criar um projeto conjunto, ocorreram muito trabalho e discussão nos bastidores para refinar nossos objetivos e missão."

"Abrir o automobilismo e se tornar uma equipe mais diversificada e inclusiva são fundamentais para nossos valores e, com o total apoio da Mercedes-Benz, estamos empenhados em causar um impacto positivo na sociedade e construir uma plataforma a partir da qual as gerações futuras possam acessar e aproveitar nosso fantástico esporte."

“O Ignite complementará o programa Accelerate 25 da nossa equipe e, por meio dessas plataformas, esperamos ver muito mais talentos de grupos pouco representados se juntarem à nossa equipe e seguirem carreiras na indústria do automobilismo em geral."

O programa trabalhará em uma série de projetos e incluirá esforços para levar os alunos negros para as disciplinas STEM (em inglês: Ciências Naturais, Tecnologia, Engenharia e Matemática), além de oferecer apoio financeiro a jovens talentosos e motivados que desejam seguir carreira no esporte a motor, mas que não têm os recursos financeiros necessários.

F1 2021: MAIS BATIDAS de Verstappen e Hamilton, mudanças no CALENDÁRIO DESTE ANO e GP da Hungria

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Como fica o campeonato após guerra declarada entre Verstappen e Hamilton?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Novo regulamento, teto orçamentário e túnel de vento: como a McLaren projeta 2022

Artigo anterior

F1: Novo regulamento, teto orçamentário e túnel de vento: como a McLaren projeta 2022

Próximo artigo

F1: Webber pede confronto sem moderação entre Hamilton e Verstappen

F1: Webber pede confronto sem moderação entre Hamilton e Verstappen
Carregar comentários