F1: Leclerc e Sainz minimizam chances de luta por vitória na Hungria

Característica de alto downforce da pista de Hungaroring fez com que muitos colocassem a Ferrari como candidata à vitória

F1: Leclerc e Sainz minimizam chances de luta por vitória na Hungria

A dupla da Ferrari, Charles Leclerc e Carlos Sainz, minimizaram suas chances de lutar pela vitória no GP da Hungria de Fórmula 1, que será realizado neste fim de semana, apesar do layout do circuito casar bem com o carro da equipe italiana.

Após uma sequência recente de corridas encorajadoras, incluindo o segundo lugar de Leclerc em Silverstone, a equipe italiana está animada com o progresso que vem apresentando com o SF21.

Leia também:

E a caminho da Hungria neste fim de semana, a equipe está ciente do quão forte sua performance foi na última corrida de alto downforce, em Mônaco, onde Leclerc foi pole e Sainz terminou em segundo.

Mas apesar das razões para acreditar que poderia lutar pela frente de novo, ambos os pilotos mantém os pés no chão sobre as possibilidades.

Questionado pelo Motorsport.com se a Ferrari estaria abordando a Hungria tendo a sensação de que pode lutar pela vitória, Leclerc disse: "Olha, é bom ser otimista, e acho que todos queremos ser otimistas após uma performance tão boa nas últimas três corridas".

"Mas, por outro lado, também precisamos ser realistas. Estamos com um bom clima, mas acho que pensar na vitória em Budapeste é ser um pouco otimista. Então, realisticamente, acho que ficaríamos felizes ao ocupar a vaga após as duas equipes de ponta".

Sainz acha que as características atuais dos carros da F1, com nível altos de downforce, pode ter mudado o desafio do circuito de Hungaroring, se afastando do tipo de circuito em que a Ferrari poderia se dar bem.

"Na verdade, Budapeste virou uma pista de média a alta velocidade com esses carros".

"Se você olhar para Mônaco e Baku, há curvas de segunda e terceira, mas hoje em Budapeste, com esses carros doidos de downforce, tem um setor intermediário em que você anda em quarta e quinta o tempo todo. Então não é mais uma pista puramente de baixa como era no passado".

"Não acho que será uma pista tão boa para nós. Acho que será uma boa oportunidade para ficarmos logo atrás de Mercedes e Red Bull, mas o downforce ainda fala mais alto e vemos pelos dados que esse pessoal ainda está à frente".

"Como vimos [no GP da Grã-Bretanha], com os pneus duros, Lewis [Hamilton] tinha um ritmo melhor que o nosso e eles devem estar à frente na Hungria".

CLIMA DE GUERRA: Max Wilson teme CONSEQUÊNCIA do acidente de Hamilton e Verstappen para F1; entenda

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Como fica o campeonato após guerra declarada entre Verstappen e Hamilton?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Barcelona e Bahrein devem receber pré-temporada de 2022, mais extensa
Artigo anterior

F1: Barcelona e Bahrein devem receber pré-temporada de 2022, mais extensa

Próximo artigo

F1 2021: Confira os horários e como acompanhar o GP da Hungria, com F3 e W Series

F1 2021: Confira os horários e como acompanhar o GP da Hungria, com F3 e W Series
Carregar comentários