F1: "Nada de errado, foi catimba", diz Horner sobre Hamilton no Q3

Chefe da Red Bull não viu nada de errado nas atitudes de Hamilton no fim do Q3 e ainda adiantou que teremos uma ótima corrida amanhã

F1: "Nada de errado, foi catimba", diz Horner sobre Hamilton no Q3

Sem a pole e com Pérez não abrindo a volta final após uma desacelarada de Lewis Hamilton na última curva de Hungaroring, a transmissão mostrou Christian Horner, chefe da Red Bull, com uma feição decepcionada. Entretanto, Horner não viu nada de errado com a atitude do inglês. Para ele, Hamilton fez a 'catimba', mas jogou com as regras.

Sobre a aderência dos pneus no treino, Horner disse "eu acho que a Mercedes esteve rápida todo o fim de semana aqui, foi o que nós vimos. Acho que o tempo do Max no Q2 foi bem impressionante. No Q3 talvez tivemos um pouco de turbulência do carro do Leclerc. Ele estava dentro de 3,5s. Então foi um resultado bom que conseguimos hoje, estamos na segunda fila. Temos uma estratégia diferente da Mercedes e isso dará uma corrida empolgante para amanhã".

Perguntado se a escolha de pneus macios foi um sinal de estar mais lento que a Mercedes, Horner comentou que de fato não poderiam fazer o mesmo tempo que o Lewis em médio, então optaram por uma tática diferente. "Eu preferia os médios para começar amanhã, mas veremos o que acontece. Nós temos que fazer uma corrida agressiva para amanhã. Você sabe como é difícil ultrapassar aqui, então a estratégia será crucial.

Leia também:

Quando perguntado sobre a lentidão da Mercedes de Hamilton na última volta do Q3, que impediu uma volta rápida de Sergio, Horner foi claro: não vimos nenhum problema. "É 'catimba'. Lewis fez uma volta incrível e claro que no retorno ele estaria só segurando as coisas e ele não obviamente não quer dar uma volta limpa para os nossos carros. Ele está no direito dele. Ele tem a posição na pista. Não vimos nenhum problema. Agora é só pensar no amanhã".

E se a situação fosse invertida? "É, acho que a gente provavelmente focaria mais na preparação dos nossos pneus, porque você vê que o tempo dele não chegou perto da volta de classificação. Ele estava mais preocupado com o que tinha atrás. Mas é parte do jogo"

Com Pérez em quarto, Horner respondeu se as atualizações da Mercedes preocupavam para a próxima parte da temporada. "Acho que nós sabemos que Silverstone e Budapest são pontos fortes da Mercedes. Se você olhar a performance deles ano passado, nós ficamos um segundo atrás deles na classificação em Silverston e mais do que isso em 2020. O que nos encoraja é que estamos bem próximos. E temos que garantir que amanhã nós daremos trabalho para eles na corrida e aí sim é uma longa segunda metade do campeonato."

Sobre a corrida, Horner adiantou o que deve acontecer. "Acho que haverá um camarote nas curvas 1 e 2 amanhã. Fique ligado, vai valer a pena assistir. Eu tenho certeza que será uma largada bem divertida. Estratégias diferentes, aderência diferente. Mas temos que conseguir uma ótima largada".

F1 2021: Debate sobre o treino classificatório do GP da Hungria, com Verstappen VS Hamilton | Q4

compartilhar
comentários
F1: Sainz lamenta batida "estranha" e Leclerc garante que Ferrari poderia colocar dois carros no Q3

Artigo anterior

F1: Sainz lamenta batida "estranha" e Leclerc garante que Ferrari poderia colocar dois carros no Q3

Próximo artigo

F1: Verstappen 'pistola em coletiva com perguntas "de m***" sobre rivalidade com Hamilton

F1: Verstappen 'pistola em coletiva com perguntas "de m***" sobre rivalidade com Hamilton
Carregar comentários