Fórmula 1
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
18 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
32 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
60 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
67 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
81 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
95 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
102 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
116 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
123 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
137 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
151 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
179 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
186 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
200 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
207 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
221 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
235 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
242 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
256 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
270 dias

Mercedes defende permanência de atuais motores em 2021

compartilhar
comentários
Mercedes defende permanência de atuais motores em 2021
12 de set de 2018 17:50

Equipe alemã insiste que a falta de fabricantes interessadas em regulamento proposto pela F1 é sinal de que atuais normas devem permanecer

A Mercedes voltou a defender a permanência do atual regulamento de motores da F1 após a temporada de 2020, citando o argumento da falta de interesse por parte de outras fabricantes nas ideias propostas.

Originalmente, a F1 mostrou o interesse em adotar um regulamento novo a partir de 2021, basicamente simplificando as atuais unidades com a remoção do MGU-H, o que traria benefícios em termos de barulho, simplicidade e custos.

Um dos argumentos para defender a mudança era a possibilidade de atrair novas fabricantes para o Mundial, o que não aconteceu.

Assim, a Mercedes insiste que o melhor caminho a seguir é a permanência das atuais normas. “Estamos discutindo que, se pudermos convencer outra fabricante a entrar, seja ela uma grande montadora ou uma ótima marca, então podemos ouvir e dizer que há algo que precisamos fazer”, disse o chefe da Mercedes, Toto Wolff.

“Mas, no momento, não parece que haja alguém capaz de se comprometer de verdade para 2021. Assim, manter as atuais regras significa também evitar custos adicionais e poder dar maior desenvolvimento às atuais unidades de potência.”

O dirigente afirma que é possível melhorar o regulamento atual sem que seja necessária a implementação de um sistema totalmente novo. “Há coisas que você pode fazer para ajustar o motor e dar um melhor som, além de evitar a discussão sobre eficiência de combustível. Então, isso é algo que ainda estamos discutindo.”

Próximo artigo
Confira os horários para o GP de Singapura de Fórmula 1

Artigo anterior

Confira os horários para o GP de Singapura de Fórmula 1

Próximo artigo

Alonso brinca com possibilidade de correr na NASCAR

Alonso brinca com possibilidade de correr na NASCAR
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1