Fórmula 1
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
23 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
37 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
65 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
72 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
86 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
100 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
107 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
121 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
128 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
142 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
156 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
184 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
191 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
205 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
212 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
226 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
240 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
247 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
261 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
275 dias

Ocon lamenta por Verstappen: “Era corrida para ele vencer”

compartilhar
comentários
Ocon lamenta por Verstappen: “Era corrida para ele vencer”
12 de nov de 2018 14:15

Francês volta a se manifestar pelo lance polêmico no GP do Brasil e explica seu ponto de vista: “Foi um incidente infeliz”

Esteban Ocon voltou a se manifestar sobre o polêmico acidente com Max Verstappen no GP do Brasil e lamentou a situação do rival. No entanto, o francês defendeu a sua posição naquele que considerou um lance “infeliz”.

Na corrida em Interlagos, Ocon, que era retardatário, tentou descontar uma volta para Verstappen, que liderava a prova, após calçar pneus supermacios novos em seu pitstop. Contudo, o piloto da Force India tocou no holandês na saída do S do Senna, o que fez o Red Bull rodar. A liderança, então, parou nas mãos de Lewis Hamilton, que venceu.

Depois da prova, Verstappen discutiu com Ocon e deu empurrões no francês, o que reacendeu uma rivalidade que existe desde os tempos do kart e da F3.

Horas após o término do GP, Ocon usou suas redes sociais para se manifestar de novo sobre o incidente. Ele reconheceu que a situação não era a ideal para Verstappen. “Lamento muito por Max. Bater com um retardatário não deveria acontecer nunca. Era uma corrida para ele vencer”, escreveu em seu Instagram.

Contudo, ele insistiu em seu direito de tentar recuperar terreno e não admitiu culpa no lance. “Mas, pelo meu lado, me disseram para descontar a volta, já que eu era mais rápido com um jogo de pneus novos, e não era opção levantar o pé na reta. Foi um incidente infeliz, e, claro, não queremos que isso aconteça.”

Com o lance, Verstappen fechou a prova na segunda posição, enquanto que Ocon terminou em 14º.

Próximo artigo
Rubinho vê brasileiros com chances na F1: “espero para c... que sim”

Artigo anterior

Rubinho vê brasileiros com chances na F1: “espero para c... que sim”

Próximo artigo

Relembre outros 9 confrontos físicos entre pilotos na F1

Relembre outros 9 confrontos físicos entre pilotos na F1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Pilotos Max Verstappen Compre Agora , Esteban Ocon